Conecte-se conosco

Artigos

O reinado de Billy Mitchell, campeão de Donkey Kong, acabou

Publicado

em

billy mitchell o reinado acabou

Pôster do filme The King of Kong: A Fistful of QuartersDonkey Kong, o arcade original de 1981, possui um cenário competitivo acirrado até os dias de hoje. Entre os nomes mais conhecidos estão os norte-americanos Billy Mitchell e Steve Wiebe. O primeiro alcançou, defendeu e retomou o recorde três vezes durante 29 anos. O segundo é bi-campeão mundial e conhecido por superar o recorde de Mitchell em 2010, com 1.064.500 pontos. Em todos os casos a pontuação foi verificada pelo Twin Galaxies, entidade que avalia e aprova recordes em diversos arcades antigos, com árbitro e tudo.

Mitchell e Wiebe são adversários no Donkey Kong há muito tempo. Tal rivalidade rendeu um documentário chamado The King of Kong: A Fistful of Quarters, lançado em 2007. Naquele ano Mitchell havia conquistado seu segundo recorde, de 1.050.200 pontos. Wiebe levou três anos para vencê-lo. De lá pra cá outros competidores surgiram, como Hank Chien e Robbie Lakeman – atualmente o detentor do recorde, com 1.247.700 pontos (março/2018).

Nessa briga de quem é o melhor, bem antes de Lakeman chegar atropelando todo mundo, Mitchell difamou Wiebe publicamente. Isso ocorreu quando Wiebe ultrapassou, pela primeira vez, a marca de 1 milhão de pontos em Donkey Kong. Mitchell lançou dúvidas sobre o recorde de Wiebe e pouco tempo depois enviou um vídeo contendo seu novo recorde, que foi aceito logo de cara pelo Twin Galaxies, desqualificando a conquista de seu adversário. E é exatamente este “recorde” que derrubou o rei do kong.

Em 2016, com a publicação do vídeo original no YouTube, foi possível examinar a façanha com calma. Após muita investigação, o moderador Jeremy Young (Xelnia) criou um tópico no fórum do Twin Galaxies provando que Mitchel usou o emulador do MAME para atingir o recorde – e não o arcade original, como ele sempre defendeu. Isso explica o motivo do vídeo original não possuir som; com a edição, o áudio inevitavelmente sai do ritmo normal.

Com a disputa encerrada, Billy Mitchell foi banido e todos seus recordes foram apagados do Twin Galaxies – o que não livrou a mesma da má reputação. A instituição já fora financiada (pra não dizer manipulada) por Mitchel, o que certamente lhe rendeu tratamento privilegiado e a aceitação não contestada de seus recordes.

billy mitchell recorde donkey kong

O último recorde de Billy Mitchell (2010), antes de ser apagado do Twin Galaxies.

Vale ressaltar que utilizar emuladores para atingir um recorde mundial não é trapaça, desde que não seja usado modificadores e se tenha uma testemunha presente à jogatina – o que não aconteceu com as gravações de Mitchell submetidas para análise. Outro detalhe importante: um recorde obtido no arcade é tratado diferente de um recorde obtido no MAME. A pontuação no MAME passa por uma verificação diferente para garantir que save states, pausas e emendas de replay não foram usados.

[miptheme_quote author=”” style=”text-center”]“É possível que essas seções tenham sido gravadas de uma única vez. Dado o estilo de jogo nos vídeos de Mitchell, é mais provável que a gravação .INP do MAME básico tenha sido usada, na qual uma pessoa pode regravar um .INP quantas vezes ela quiser para criar o desempenho desejado”, explicou Xelnia.[/miptheme_quote]

Em nota oficial à Variety, o Guinness World Records informou que irá apagar todos os seus recordes dos livros, inclusive de outros dois jogos (Donkey Kong Jr e Pac-Man). Não deu outra: a casa caiu pra Billy Mitchell. Um mentira que, infelizmente, foi sustentada por muitos anos e agora pesa em sua consciência e ofusca todas as suas outras conquistas em vida: a rede de restaurantes Rickey’s, sua linha de molhos de pimenta e o status de primeiro jogador do mundo a obter a “pontuação perfeita” em Pac-Man, com 3.333.360 pontos – o máximo possível devido à um glitch conhecido como Kill Screen.

E lá se foi o maior recorde do universo

A imagem acima foi tirada de um episódio do Regular Show, do Cartoon Network. No episódio, exibido originalmente em 2011, Mordecai e Rigby enfrentam no fliperama uma enorme cabeça flutuante e barbuda chamada Garrett Bobby Ferguso. O personagem é uma piada indireta à persona de Billy Mitchell, que se sentiu tão ofendido que tentou ganhar na justiça uma ação contra o desenho. E perdeu, claro… Pois ele não é uma cabeça gigante e flutuante na vida real.

https://www.youtube.com/watch?v=hZPpq0ohw6M

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x