Conecte-se conosco

Notícias

Activision realizou meio milhão de banimentos em Call of Duty: Warzone

Publicado

em

Call of Duty

Hoje é um péssimo dia para utilizar cheats, fraudar ou cometer abusos contra as normas da Activision em Call of Duty: Warzone. Em sua série de banimentos, a empresa revela que já cortou mais de 500 mil contas que infringiram as regras dentro do multiplayer online. Só na última ação que realizaram foram cerca de 30 mil usuários banidos por quebrarem suas normas.

Eles não estão brincando em serviço e estão lutando com unha e dente para deixar o ambiente de seu jogo o mais saudável possível para o seu público. Não é para menos, nas últimas semanas foram notados vários hackers que utilizavam suporte automático de mira e, conforme foi sendo espalhado, mais jogadores se aproveitavam da falha de segurança para investir no recurso.

Porém, seria injusto falar que a Activision está fazendo todo o trabalho sozinha. A comunidade de Call of Duty: Warzone está auxiliando com a denúncia e acompanhamento de vários streamers do mundo todo sobre o caso. Ou seja, se nem o público está aceitando esse tipo de situação, é sinal que o pessoal foi longe demais na apelação dentro das partidas em rede.

Isso vai encerrar de vez a exploração de falhas ou programações diferentes dentro do título? É impossível afirmar isso já que, para cada dez funcionários da companhia banindo usuários, terão onze surgindo do outro lado que vão querer utilizar o procedimento. Porém, já é uma das maiores ações dentro de um game da franquia e acredita-se que esse número vai subir ainda mais.

Call of Duty: Warzone está disponível hoje nos computadores, PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 5 e Xbox Series. Atualmente está rolando um evento que traz alguns heróis dos anos 80 e 90, como Rambo e John McClane, para dentro da guerra.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x