Conecte-se conosco

Notícias

Boletim da Liga Brasileira de Free Fire 3ª etapa – Semana 5

Publicado

em

Free Fire

A Semana 5 da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) teve dois dias completamente diferentes. Enquanto no sábado, quando o Grupo B recebeu o C, seis equipes diferentes fizeram o BOOYAH!, o domingo, quando se enfrentaram os Grupos B e A, foi repleto de dobradinhas e marcado por uma disputa insana entre Flamengo, Santos e Black Dragons pelo topo da tabela.

O equilíbrio na 9ª rodada começou com o BOOYAH! da Vivo Keyd em Purgatório. Na sequência, KaBuM! e New X triunfaram, fechando assim o primeiro bloco de quedas. No BOOYAH! da New, o destaque foi Raposo, que deu o que falar com o Lança-Granadas nas mãos.

“O Lança-Granadas muda toda a história do jogo, muda toda vantagem que o time tem e acaba revertendo situações que não aconteceriam se algum jogador estivesse sem a arma“, comentou Solotov, que apontou o Raposo como MVP da terceira partida de Free Fire.

Indo para o outro bloco de quedas, a LOUD fez o BOOYAH! em Purgatório e a INTZ, que ainda não conseguiu se encontrar no campeonato, assinou a sobrevivência em Kalahari. Apesar de amargar a parte de baixo da tabela, os Intrépidos fecharam o sábado em destaque, sendo o segundo time que mais pontuou e abateu.

Atrás da INTZ ficou o Corinthians, que inclusive fez o último BOOYAH! em Bermuda. O Timão, que fez ao todo 97 pontos na rodada, somou 23 abates ao longo do sábado, que terminou completamente dominado pelo Cruzeiro. O Cabuloso não só foi a equipe que mais pontuou (142 pontos), mas foi também a que mais abateu (34 abates). No pódio, Cebolinha (11 abates), Nativa e Boyka (9 abates). Foi, inclusive, a primeira vez que 3 jogadores da mesma equipe de Free Fire ocuparam a lista de mais abates individuais.

Veja abaixo a tabela atualizada de Estatísticas da LBFF e acesse também as fotos oficiais da competição.

tabela classificacao lbff semana5

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x