Conecte-se conosco

Notícias

Diablo IV vai levantar defunto em 2023

Blizzard solta o trailer da classe Necromante

Publicado

em

A Blizzard não quer deixar tumba sobre tumba e revelou o retorno do Necromante, em Diablo IV. A classe que lida com ressurreição e criaturas profanas irá se juntar com os já confirmados Bárbaro, Maga, Renegada e Druida. Essa patota tenebrosa vai combater as forças das trevas em 2023, sem data confirmada ainda. O RPG será lançado no PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series, com direito a cross-play e cross-progression entre as plataformas.

Usando o Livro dos Mortos, o Necromante vai atravessar o campo de batalha com estilo. Sua força está em seus aliados, criaturas evocadas do além-túmulo, desde Esqueletos guerreiros, ágeis e letais, até colossais Golens de ossos e Golens de ferro, imbatíveis e devastadores. Além disso, o Necromante também pode recuperar sua vida drenando a vitalidade de seus inimigos, quase como um vampiro. Para impedir a ascensão das legiões infernais, toda estratégia está valendo.

Diablo IV é imenso e vai roubar todo seu tempo

A produtora Blizzard está prometendo uma experiência gigante para o jogo, com quase 150 masmorras complexas para serem exploradas em um mundo aberto de cair o queixo. “Não faltarão ameaças demoníacas para encontrar e segredos para revelar. O mundo que você percorrerá em Diablo IV não é um vazio: cada centímetro foi pensado para o combate”, garantem seus criadores.

O RPG não vai terminar nem quando acabar! A Blizzard também informou que há muito conteúdo para o endgame, capaz de segurar os jogadores com novos desafios mesmo após a conclusão do último capítulo da história principal. A partir daí, será liberado o acesso às Masmorras do Pesadelo e a todo um novo sistema de evolução, batizado de Árvore dos Lamentos. Somente os mais fortes prevalecerão e passarão a disputar um lugar no Quadro de Excelência, um novo mecanismo de customização com centenas de opções de evolução de personagem em Diablo IV.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x