Conecte-se conosco

Notícias

Nobru estreia um novo canal focado em entretenimento

Publicado

em

O jogador profissional e cofundador do Fluxo, Bruno Goés, anunciou a criação do “Nobru Vlogs“, seu novo canal no Youtube. Com o foco no entretenimento e buscando ajudar outras pessoas, o novo conteúdo contará com desafios únicos que oferecerão recompensas em dinheiro e prêmios. Este é o segundo canal dele na plataforma, que juntos somam mais de 13 milhões de inscritos e mais de 850 milhões de visualizações.

Segundo o profissional, a criação do canal foi uma forma de ajudar a comunidade que o abraçou e o ajudou a chegar no posto de um dos maiores criadores de conteúdo do mundo: “Família, tenho o prazer de anunciar a chegada do meu novo canal no Youtube. Dessa vez, vou sair um pouco da linha dos games e focar no entretenimento para vocês, recompensando as pessoas que me acompanham em todos os lugares. Nesse novo conteúdo, vou propor alguns desafios e quem cumprir vai receber uma quantia em dinheiro ou grandes prêmios. Vai ser irado e tenho certeza que todo mundo vai querer participar!”.

Durante os últimos anos, Bruno “Nobru” vem chamando a atenção dentro e fora do cenário de games e esports. Além de se destacar como um dos maiores atletas da história do Free Fire, conquistando diversos títulos brasileiros, o Mundial de 2019 e sendo eleito o Melhor Jogador do Mundo de 2019, o empresário também conquistou diversos prêmios, sendo o mais recente o de Personalidade do Ano, eleito pelo Esports Awards, e faz muito sucesso nas redes sociais, onde acumula mais de 30 milhões de seguidores. Nesta nova fase de sua vida, Nobru busca ajudar diversos tipos de pessoas, desde aquelas que ele acaba encontrando nas ruas ou até streamers que estão tentando seguir seus sonhos, oferecendo novas oportunidades e tentando mudar suas vidas.

A estreia do novo canal tem parceria com a 3C Gaming, empresa responsável por gerenciar a carreira do Nobru, e com a Play9, estúdio de conteúdo especializado no desenvolvimento de projetos digitais.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Publicidade