Conecte-se conosco

Previews

GetsuFumaDen: Undying Moon, uma mistura de arte e sangue

Publicado

em

GetsuFumaDenUNdyingMoon bg Gamerview

Durante a Nintendo Direct, vimos mais uma vez um trailer da volta inusitada de GetsuFumaDen: Undying Moon. Um título que não viu muito sucesso nas terras tupiniquins, mas que rivalizava Castlevania tanto em dificuldade, quanto temas e perigos. Sendo lançado um ano após a chegada de Simon no Famicon Disk System, GetsuFumaDen ficou nas terras orientais e raramente desafiou jogadores ocidentais.

Com uma mais história voltada para um Japão quatorze mil anos no futuro e vivendo uma renascença cultural, o grande lorde demoníaco Ryukotsuki planeja tomar a superfície terrestre. Mas os três irmãos Getsu, regentes atuais da terra se lançam contra o monstro em duelo. Ryukotsuki mata os irmãos mais velhos, deixando apenas Fuma vivo, que agora parte para a Ilha dos Demônios Loucos em busca das três sagradas Espadas de Onda e vingança contra sua família.

Enka demoníaco noite a dentro

GetsuFumaDen: Undying Moon começa 27 gerações no futuro, com Getsu Fuma, atual líder do clã vendo o selo do inferno sendo rompido e uma forma corrompida do antigo inimigo de seu clã Ryukotsuki se levantando uma vez mais. Porém desta vez como um enorme Gashadokuro, sedento de sangue e vingança mil anos depois. Para fazer jus aos seus antepassados, Getsu vai se lançar em um duelo contra novos demônios.

Imagem do preview de GetsuFumaDen: Undying Moon
Já não gosto de mago, por que ataca de longe. Curandeiro então? Piorou!

Gestu Fuma começa sua jornada na Terra do Limbo. Um lugar desolado e inerte, que agora está rodeado por um miasma de morte e sede de sangue. Com a bocarra do inferno aberta em quase toda a região, os demônios começam a ser vomitados na terra. Matando toda e qualquer ameaça que ouse tentar escapar do inferno Getsu abre caminho aos próximos locais a serem limpos da influência maligna.

Porém a missão poderia ser mais fácil, caso nosso herói não tivesse que, como seu antepassado, enfrentar os inimigos sozinho. No entanto, um dos motivos adicionais de Getsu Fuma ir rumo ao local onde o fundado do clã selou todo o caos é para poder resgatar seu irmão, Getsu Rondo. O mais hábil samurai de toda história do clã, que infelizmente morreu durante o início catástrofe.

Até o momento, GetsuFumaDen: UNdying Moon possui apenas sete níveis, ou seja é um rogue lite bem curto. Mas vale ressaltar que o jogo ainda se encontra em early acces com a build atual sendo a 0.4. E mesmo em um estado tão inicial, admito que este é sem dúvida alguma o meu roguelite do ano. Ou seja ainda há muito por vir e varias fontes a serem exploradas ainda.

Imagem do preview de GetsuFumaDen: Undying Moon
Poxa, vai ficar brava só por que te enterraram na neve do inferno?

A história ganha vida no inferno

Como dito anteriormente, GetsuFumaDen no NES, pode ser visto como um “spin-off” bem distante do seu companheiro vampírico da Konami. Mas isso jamais impediu que mesmo com apenas um jogo lançado, as influências de seu estilo brutal fossem absorvidas por outros jogos. Havendo até mesmo uma fita bootleg de crossover entre as franquias na china, Castlevania 2: Record of Getsu Fuma.

Porém um dos jogos que mais inspiraram a criação do game foi GenpeiTomaDen da Namco. Que traz a história de vingança de um samurai, morto durante o confronto de Dan no Ura. Uma grande batalha marítima da guerra do período Genpei. Ressuscitado, Taira no Kagekiyo busca vingança contra o primeiro xogun da história, Minamoto no Yoritomo.

Como em GetsuFumaDen, aqui Taira deve recuperar heranças místicas para se tornar forte o suficiente para enfrentar Minamoto. Para isso ele também irá precisar recuperar itens místicos conhecidos como Três Tesouros Sagrados, que consistem em uma espada, um espelho e uma magatama. Diferente das Hadoken, laminas de onda que devem ser pegas por Fuma.

GetsuFumaDenUNdyingMoon_01_Gamerview
Sim, eu admito, estava com saudade dos bestiários da Konami.

Mas como seria muito difícil trazer Taira para Undying Moon, o mesmo ficou de fora. Mas isso não quer dizer que o rogue lite apresente apenas um desafio como o jogo original.

Passado e presente colidem

GetsuFumaDen: Undying Moon não está ainda nem mesmo na build 0.5 e já tem bastante conteúdo. Mas para quem acha que ao terminar os sete níveis ficara sem ter o que fazer, engana-se. Afinal há muitos segredos e aprimoramentos a serem descobertos e feitos. No momento é possível sempre mudar a dificuldade e modificadores na larga estátua de Buddha na quinta do clã Getsu.

Além disso, é possível desbloquear Getsu Renge, a vigesima primeira líder do clã Fuma. Uma ninja hábil e tão fatal quanto Getsu Fuma. E de acordo com as informações contidas no artbook, podemos esperar mais novidades como o aparecimento do decimo e segundo líderes ainda do clã! ALém do final enigmático que mostra que há muito mais vindo por ai em breve.

Imagem do preview de GetsuFumaDen: Undying Moon
Quanto melhor jogar sem tomar dano, mais energizada a armadura se torna.

Admito que um dos grandes motivos por ter caido babando em cima de GetsuFumaDen: Undying Moon é por que me lembra muito de um dos jogos que mais amei da Vanillaware, Muramasa: The Demon Blade. Ambos bebem diretamente da vertente artística do estilo de pintura Ukyio-e, presente nos grandes painéis japoneses. Com grandes exemplos sendo a Grande onda de Kanegawa, Fuji Vermelho e Mitsukuni enfrentando Gashadokuro.

Além da épica trilha sonora que embala os níveis e combates dos membros do clã Fuma contra os vários demônios que entrarão em seu caminho durante sua missão em se aprofundar no inferno. E os combates também são um show a parte, sendo rápidos e limpos, ou lentos e sangrentos.

Osso, sangue e cartilagem voam

GetsuFumaDen: Undying Moon oferece um enorme catalogo de armamentos para os jogadores. Aqueles que se arriscarem a avançar contra os inimigos aqui irão encontrar um arsenal diversificado de armamento. Tais como katanas, laminas duplas, lanças, correntes, armas pesadas como martelos e bastões ou armas de combate pessoal como manoplas e tonfas.

Imagem do preview de GetsuFumaDen: Undying Moon
Eu simplesmente amo essa introdução dos bosses. Quero doze dúzias desses painéis

Além de armas secundárias que farão uma enorme diferença no decorrer do jogo. Mosquetes, braceletes de mana, kunais, bombas, arcos e os famosos grampos de chão. Alguns com efeitos como veneno ou slow, facilitando a vida dos jogadores a enfrentar grandes grupos de inimigos. Todos retirados diretamente do folclore Japonês antigo. Como Kitsunes, Onis, Wanyudos, Tsuchigumo e até mesmo um Daidarabotchi ao fundo do nível Subspace Citadel.

Acredito que GetsuFumaDen esteja no caminho certo para se tornar um grande sucesso da Konami após tanto tempo. Trazer uma franquia que teve seu primeiro e ultimo jogo lançado a trinta e quatro anos atrás é uma jogada ousada, mas parece que será o inicio de uma renascença da marca. Mas ainda há muito o que ser corrigido também como balanceamentos, mais tempo para outros personagens e novos níveis!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x