Conecte-se conosco

Previews

Hunter’s Arena: Legends é um battle royale com uma visão diferente

Publicado

em

Imagem do artigo de Hunter's Arena: Legends

Quando ouvimos o termo battle royale, muitos se lembram de Fortnite ou PUBG, assim como alguns também irão se lembrar do livro de Koushun Takami que “originou” o termo. No entanto, o jogo Hunter’s Arena Legends, produzido e distribuído pela Mantisco, trouxe uma ideia bem diferente.

Com um universo a la Perfect World, um foco maior no roleplay durante a batalha de sobrevivência e até mesmo um modo versus, Hunter’s Arena: Legends é uma amálgama bem inusitada.

Avante!

A primeira grande diferença em relação a outros jogos de battle royale é que dessa vez não começamos nos céus e caímos em uma ilha. Aqui, no modo chamado de Survival, começamos todos em um templo ao centro do mapa, e uma vez que a contagem tenha se acabado, após um determinado número de jogadores estar na sala, os portões se abrem. Antes disso, o jogador pode tentar conseguir um planador para se lançar aos céus ou comprar um cavalo, para ganhar uma vantagem durante a dispersão de jogadores da cidade.

Imagem do artigo de Hunter's Arena: Legends
Existem poucos personagens de longa e média distância, mas todos são bem balanceados.

Uma vez dentro do mapa, o jogador, além de caçar outros jogadores, deve caçar as criaturas presentes no mundo, a fim de ganhar experiência para aumentar seu nível, desbloquear as habilidades e sua habilidade suprema. Assim, Hunter’s Arena: Legends é como um MMO, onde ao invés de jogar por meses a fio, você tem um período de 30 a 40 minutos para se tornar o mais forte possível e destruir todos seus oponentes PvP do servidor.

Assim que o jogador começa a partida, ele deve estar sempre atento ao mapa, já que é por ele que irá se guiar para saber onde poderá gastar o ouro obtido e vender os itens que não irá usar. Há também mestres que aprimoram suas skills e até mesmo bosses. Os bosses são seres bem poderosos que deixam cair itens preciosos, mas também chamam muita atenção, como os drops em Fortnite. Hunter’s Arena: Legends traz um gameplay bem frenético e exige um estudo de como evoluir com cada personagem.

Ataque de perto e longe

Até o momento, em Hunter’s Arena: Legends existem doze personagens, sendo nove de combate corpo-a-corpo, duas de longa distância e um de curto alcance. As personagens são bem equilibradas, e qualquer um que saiba como evoluí-las pode ter sucesso enquanto as aprimora. Além disso, os jogadores contam com uma árvore de maestrias, que permitem que determinados status de ataque e defesa sejam elevados para todos os personagens.

Imagem do artigo de Hunter's Arena: Legends
Imagens de controle de arena.

Com uma forte influência da cultura chinesa, aqui vemos um game com um foco mais voltado para armas e criaturas de lendas e histórias do país, como espadas longas com anéis, bastões com maças, lâminas circulares e até mesmo um Mandolim. Ou seja, nada de katanas, ninjatos ou wakizashis. Além dos 10 personagens humanos, incluindo Yoongeon que ainda não foi adicionado, temos dois personagens animais, sendo eles o panda Tau e o Gyeonjo, um gorila líder de uma raça de guerreiros.

Todos são bem equilibrados, no entanto Tau e Gyonjo sofrem de um problema terrível: são extremamente grandes. Ou seja, no modo de survival, é fácil manejar a câmera ao redor deles enquanto exploramos o cenário. Mas em momentos de batalhas e principalmente no modo versus, esse tamanho todo se torna uma desvantagem, uma vez que eles acabam literalmente tampando o oponente à nossa frente e assim não podemos prever ataques ou nos defender dos mesmos.

Imagem do artigo de Hunter's Arena: Legends
Vamos, Horácio! Rumo à glória.

Seguindo o fluxo

Ainda existe um modo onde os jogadores podem formar um esquadrão com até três players, e um verdadeiro battle royale que ainda não está pronto para ser ativo. Acredito que será semelhante ao modo survival, com a grande diferença sendo que os vendedores não estarão presentes e que já começamos com todas as habilidades no máximo. A parte gráfica de Hunter Arena: Legends traz cenários muito bonitos e detalhados, com lindos templos e estruturas, no entanto os efeitos de habilidades e a maneira como os personagens se movem sempre me lembram daquelas propagandas de jogos de celular.

O jogo ainda se encontra no Beta e há muito para ser alterado e até mesmo melhorado e refinado. Esperava encontrar problemas de conexão, uma vez que os servidores até o momento são apenas três, sendo um Americano, Europeu e Asiático. Mas pude jogar em todos os três tranquilamente. Hunter’s Arena: Legends não é um jogo que eu pessoalmente jogaria, mas para os fãs de combates no mano-a-mano com poderes e role play no meio, é a pedida certa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x