Conecte-se conosco

Reviews

Review – Animal Crossing: New Horizons – Happy Home Paradise

Publicado

em

Animal Crossing

Um verdadeiro estouro em 2020 e ainda crescendo, é inegável que Animal Crossing: New Horizons se tornou um fenômeno no Nintendo Switch. Em tempos de pandemia, com a vida de todos mudando abruptamente no mundo inteiro, ter um lugar onde poderia descansar e criar a sua ilha era uma promessa boa demais que chegou coincidentemente sincronizada com a nossa realidade. E que belo acerto, meus amigos.

Mesmo repleto de problemas, isso não impediu o game de alcançar até uma indicação ao Jogo do Ano na The Game Awards do ano passado. Agora que a maioria já está contextualizado, trate de colocar o seu uniforme que chegou a hora de arregaçar as mangas e trabalhar. Em Happy Home Paradise, a expansão lançada para o título, você ganhará um emprego e ajudará outras ilhas e personagens a atingirem o grande sossego.

A questão é: será que após decorar uma ilha inteira, você dará conta de ditar a tendência na casa dos outros? Com um arsenal de novas tarefas, a Nintendo não criou apenas uma função a mais, mas sim uma sequência completa para a trama que segue a sua pequena ilha desde o momento que se muda para lá. Então não perca tempo, traga a sua Carteira de Trabalho, foto 3/4, comprovante de residência, RG e CPF que Lottie tem uma vaguinha para todos em sua agência.

Imagem do review de Animal Crossing: New Horizons - Happy Home Paradise
Queria que achar emprego fosse tão fácil assim…

Tens o que é preciso para esmagares minha decoração?

Quando adquire a expansão em Animal Crossing: New Horizons, você é avisado de que a sua nova chefe está o aguardando dentro do aeroporto. Chegando lá, inicia a trama de Happy Home Paradise, permitindo que vá para uma ilha inédita onde funciona uma verdadeira colônia de férias. Sua missão lá será tornar o ambiente o mais agradável possível para os visitantes, deixando as casas no estilo que for pedido por cada um.

Alguém gosta da cor verde? Trate de colocar várias coisas esverdeadas que ela amará. Outro deseja sentir o cheiro de madeira pelo local, então porque não colocá-lo em uma residência no meio da floresta e com vários adornos feitos do material? Várias reações são emitidas durante o trabalho, um coração significa que está acertando. Eles também ficam surpresos quando você vai além e cria algo novo que foge do que pediu, mas se encaixa na proposta. Ouso dizer que não é bom para o seu emprego assustá-los com coisas que não tem nada a ver com o que pediram.

E, assim como é no mundo moderno, você também acumula várias funções para entregar algo competente para a agência. Não é só decorar, você tem também de tirar foto para divulgar o seu trabalho em um novo aplicativo que será baixado no smartphone, sair para oferecer seu serviço pela praia principal e retornar para se certificar que ninguém está insatisfeito com o seu trabalho a longo prazo. Na vida real é “você que lute”, mas aqui serve bem à proposta de passar bastante tempo novamente em Animal Crossing.

Imagem do review de Animal Crossing: New Horizons - Happy Home Paradise
Os clientes fazem até pose quando ficam felizes

Brincadeiras à parte, Happy Home Paradise replica a fórmula de você criar ambientes já vista no 3DS com o clima terapêutico e sem amarras. Lá poderá fazer algo que é apenas o que pediram e está tudo certo. Ou pode passar uma hora inteira testando combinações e encaixando o que os clientes querem ao seu conceito para entregar verdadeiras obras-primas. Basta dar uma olhada no Twitter para ver algumas que seriam o sonho na vida real de qualquer um.

Desta forma, o DLC não entrega uma história meia-boca, com apenas alguns personagens extras para fazer amizade e um lugar novo para passar algumas horinhas. Ele na verdade oferece uma nova forma de interação e criação, complementando o que não vimos no jogo principal e desenvolvendo a experiência definitiva para os fãs. Esta é a razão que todos estavam esperando para reviver o sentimento que foi criado no ano passado, impactando novamente quem quer apenas respirar um pouco da vida atribulada aqui de fora.

Imagem do review de Animal Crossing: New Horizons - Happy Home Paradise
Entre reuniões, decoração e fotos, tem muita leveza

Animal Crossing prova que raios caem 2x no mesmo lugar

Ao contrário do jogo principal, Animal Crossing: New Horizons – Happy Home Paradise até que segue rápido para que você não fique preso pelo tempo oferecido nas tarefas. Melhor dizendo, no mesmo dia você pode decorar quantas casas quiser e puder. Este era o meu maior temor e a equipe da Nintendo soube mudar a rota das coisas, dando mais liberdade para explorarmos o que desejamos. Admito que isso me tirou um grande peso, já que o ritmo lento que as coisas progrediam no início de ACNH me deixou com um pé atrás na época.

E assim que finaliza, você pode visitar as outras para modificar algo que teve a ideia posteriormente ou apenas para exercitar. Essa facilidade cativa e torna o gameplay mais dinâmico, permitindo que se desenvolva no seu tempo. Não recomendamos que trabalhe demais, porém aqui está mais do que liberado e não tem hora-extra que pague a diversão e calma que o exercício proporciona. Vai por mim, nisso a Nintendo está cada vez mais craque em oferecer.

Meu único ponto negativo é a mudança de moedas entre as ilhas. Enquanto na sua há um sistema financeiro em andamento, lá eles cultivam outra e não tem isso de câmbio por lá. O que ganha em seu emprego suado não pode ser gasto em qualquer outro lugar senão no próprio resort. Como elas têm itens diferentes, às vezes surgem alguns que você não quer em uma, mas quer muito na outra e isso vai te atrapalhar um pouco em Animal Crossing. Não compreendi bem a razão para essa decisão, mas isso desagradou um pouco.

Imagem do review de Animal Crossing: New Horizons - Happy Home Paradise
Vender arte na praia? Negativo, oferecer serviço de decoração!

E além de Lottie, vale destacar aqui o charme que Niko carrega consigo. O pequeno macaco é um amigo simpático e extremamente útil conforme desenvolve suas atividades. Sempre pronto para dar uma mão, ele que vai te acompanhar em algumas tarefas e sempre acaba te divertindo de algum modo. Gostaria, inclusive, que ele fosse viver na minha ilha principal.

Caso tenha os AMIIBOs da linha Animal Crossing, também poderá convidá-los a visitar a colônia de férias para você montar uma casa para eles. Considerando que os títulos atuais quase não estão utilizando o recurso, é bom ver que alguns não abriram mão do uso da tecnologia. Fora isso, você também pode compartilhar as fotos do que produziu pela internet, podendo dividir e comparar com os seus amigos e terem novas ideias para os próximos trabalhos.

Seja através da assinatura Nintendo Switch Online + Expansion Pack ou comprando separadamente, AC: New Horizons – Happy Home Paradise não desaponta e vai voltar a cativar. Claro, se deixou de fazer isso alguma vez. O conteúdo já está disponível para ser adquirido dentro da eShop e caso ainda esteja em dúvida: apenas faça o download e vá curtir!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Replica a mesma sensação de paz do título principal
  • Você terá extrema liberdade de criação e do próprio game
  • Mecânicas dinâmicas garantirão horas de decoração
  • Não exercerá apenas uma tarefa, ampliando as possibilidades

Contras

  • Mudança de sistema monetário, dificultando a justificativa
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x