Conecte-se conosco

Reviews

Review – Boomerang X

Publicado

em

Boomerang X

Nossa senhora da labirintite, eu mentiria se dissesse que Boomerang X é um jogo simples. Você pode ter apenas a visão em primeira pessoa e um bumerangue nas mãos, porém com as diversas habilidades e uma variedade imensa de inimigos e pontos fracos, a coisa mais complicada é sobreviver na ilha deserta que se enfiou depois de um acidente intenso. Apesar da Devolver Digital derrapar um pouco na dificuldade, ela te dá uma chance de alcançar o seu destino…seja na ida ou na volta.

Como o próprio nome do game, você carrega consigo a arma mais básica de muitos títulos, mas que aqui faz um grande estrago. Com um vasto universo e muito a se explorar de uma civilização perdida, a experiência te fará se empolgar e sair jogando sua arma para lá e para cá, mesmo sem inimigos em sua mira. Porém, não se engane que ela será o seu principal modo de vencer os desafios e todas as criaturas que aparecerão em sua frente. O maior artifício ainda é sua mente e habilidades.

Vai e volta de qualidade

Boomerang X começa com uma tempestade levando seu barco a naufragar em uma ilha perdida e obter o seu equipamento. A partir disso, meu amigo, se prepare. Hordas de inimigos vão surgir de tudo que é lado e apesar de no início tudo parecer um tutorial de forma descarada, não se deixe levar por isso. Em menos tempo que imagina a sensação vai passar e a ação não te dará um instante para respirar. E quando eu digo isso, realmente terão trechos que piscar será crucial entre uma vitória incrível e a derrota vergonhosa.

Imagem do review de Boomerang X
Encontrar o bumerangue pela primeira vez é lindo.

Sempre que chega em uma das várias arenas temáticas, você deve acertar o grande cristal que fica no centro do lugar para liberar o batalhão dos monstros. Para enfrentá-los, um bumerangue e algumas habilidades que você vai conquistando conforme avança. Confesso que desacelerar o tempo é uma das principais delas, é aquela que você usará em cada combate. Outras envolvem um impacto como um meteoro quando toca o chão ou tiros estilhaçados que solta pela mão.

E enquanto eu confrontava tudo isso, me caiu a ficha do design criado pela equipe da DANG! e devo parabenizar os desenvolvedores pela criatividade. Não só de mostrarem um verdadeiro desafio em Boomerang X, mas pela beleza e diversidade que cada um deles apresenta. Você começa contra as pequenas e quase inofensivas aranhas. Quando você menos esperar, vai se deparar com um grande quadrúpede que tem vários pontos para ser atingido e invoca uma chuva que te fere. Incrível, para te dizer o mínimo.

Agora pense enfrentar isso enquanto sombras criam bolhas venenosas, outras criam ainda mais sombras para irem atrás de você e há umas circulares que correm à toda velocidade para se colidirem onde está. E não são apenas alguns deles, são dezenas compartilhando a tela para te eliminar.  Em vários momentos eu me senti tão acuado que me lembrou o confronto os contra vários lobisomens em Resident Evil Village e até mesmo meus piores momentos em Hades.

Imagem do review de Boomerang X
Os inimigos não vão te dar um minuto de sossego.

Aí deve estar pensando que isso me desmotivou ou desanimou. Nem um pouco, caros leitores. Boomerang X parece pressentir que você está indo longe demais e te puxa de volta, como a arma que carrega, trazendo novas funções para refrescar o gameplay e criar novas estratégias. Durante o tempo e a exploração, por exemplo, pode aprender a puxar a sua arma de imediato ou carregar ela por mais tempo para acertar em alvos mais distantes. Isso cria novas possibilidades, então não desperdice o aprendizado.

Também adorei a sensação que o game passa, te fazendo sentir o verdadeiro dono do combate enquanto ocorre sua performance. Imagine comigo, jogar o bumerangue e atingir uns três ou quatro monstros no caminho, aí você se puxa para onde a arma está e desacelera o tempo, permitindo ver exatamente o ponto fraco de outra criatura e acertar lá. Aí você pensa que acabou, mas tem um exército de espectros fantasmagóricos vindo em sua direção, qual você usa o tiro disperso para espantar. E detalhe, o chão é lava. O teto tem espinhos. Quase não há plataformas para você parar. Entendeu o apuros?

Imagem do review de Boomerang X
As hordas são insanas e você terá ação desenfreada.

Desacelerando em Boomerang X

Antes de você pular nessa ação desenfreada e frenética, um aviso: esse jogo é contraindicado caso você sofra de labirintite. Podia estar brincando sobre o assunto, mas realmente repense caso seja o seu problema. Boomerang X é um excelente título, mas o tanto de vez que você se movimenta e passa por tudo de forma absurdamente veloz pode fazer as pessoas comuns já terem um impacto, imagina quem carrega consigo um transtorno em relação a isso. Se mantenha distante, de verdade.

Gostaria de reclamar também para a DANG! sobre as minhas partidas. O uso de desacelerar o tempo é apelão demais. Extremamente útil, mas há combates que você pode vencer por completo usando ele toda hora. Fui experimentar fazer isso, até porque preciso descobrir como funciona tudo e meus amigos, tive de pausar algumas vezes já que minha mão e dedos estavam doendo de se manter na mesma posição por um longo período. Não recomendo, mas ele é basicamente o God Mode dali e vai te salvar de muitas enrascadas.

Imagem do review de Boomerang X
Desacelerar o tempo toda hora é o máximo, até doer os dedos.

Eu afirmei antes que admirei o design dos monstros, mas o que criaram das fases de Boomerang X também impressiona. Muitas delas carregam um simbolismo enorme da civilização caída, outros favorecem claramente as várias criaturas que podem aparecer. Antes de acertar o diamante para iniciar o combate, faça um favor para si mesmo e analise o ambiente antes disso. Dá para entender como funcionará a dinâmica só de olhar direito. Conselho de amigo, pois você verá o quanto vai ajudar.

Poderia dizer que este jogo é um teste da Devolver Digital para saber quem realmente tem os nervos de aço. Os movimentos e as combinações de botões são simples, mas qualquer um que entra na arena para a batalha contra sete ou oito ondas dos exércitos dos inimigos tem todas as suas habilidades e reflexos testados ao seu limite. Não sou um às dos videogames, mas também não me considero ruim. Porém senti que a cada momento eu era obrigado a me superar para sobreviver. Isso quando eu não falhava e pensava em qual dom impossível a empresa queria que eu tivesse para atravessar aquilo.

Imagem do review de Boomerang X
Se depender da Devolver, estaria tão perdido quanto essa galera.

Isso pode afastar os novatos de Boomerang X? Sim, mas é uma ótima forma de você ver se está afiado em qualquer FPS da vida. Posso te garantir que depois de um tempo jogando e após alguns desafios, você vai estar mais do que pronto para encarar o Fortnite ou um Call of Duty. Melhor ainda, com o passar do tempo, o bumerangue se torna mais do que um aliado dentro do game e você começa a desejar ter um, nem que seja para ficar girando ele igual os momentos de transição entre os combates.

O título me surpreendeu positivamente e eu acredito q+ue se você não tem as complicações acima citadas nem tem problema com dificuldades absurdas, pode pular sem temor algum. No Nintendo Switch recomendo o uso do Pro Controller, com o joy-con sendo um pouco desconfortável nesse sentido. Porém, quem jogar no PC terá uma experiência completa sem qualquer tipo de dor de cabeça. Se você sobreviverá à esta aventura, aí já é outra história, caros leitores.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Ação desenfreada com um bumerangue
  • Design dos inimigos e fases são incríveis
  • As batalhas são um verdadeiro show frenético
  • Habilidades e táticas são valorizadas

Contras

  • Extremamente contraindicado caso tenha labirintite
  • Devolver Digital abusou um pouco da dificuldade, está achando que sou o deus dos reflexos?
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x