Conecte-se conosco

Reviews

Review – Crashlands

Publicado

em

Crashlands

Crashlands não é um jogo exatamente novo, tendo sido lançado em 2016 para PC, Android e iOS. Mas só agora ele chegou para o Nintendo Switch, com novidades que incluem um multiplayer local e todas as adições já trazidas às demais plataformas.

Prevendo como serão os entregadores no futuro

Esse é um RPG de ação, com visão de cima pra baixo, que não se limita a explorações e construções. Você também pode enfrentar inimigos, domar alienígenas, criar armamentos e muitas outras coisas, que vão acontecendo ao seu tempo. Logo você estará envolvido em diversas histórias neste planeta colorido, cheio de piadas e segredos.

Confesso que torci o nariz para Crashlands ao ver que o jogo possui elementos de construções semelhantes ao Minecraft, do qual não sou fã. Felizmente, isto é só uma parte da proposta de Crashlands. Enquanto Flux Dabes e seu parceiro robótico Juicebox buscam maneiras de continuarem seu trabalho como entregadores galácticos, você terá a oportunidade de conhecer um planeta cheio de curiosidades.

Imagem do jogo Crashlands
Nessa capsula de fuga, nossa última esperança está.

Flux Dabes é um caminhoneiro galáctico que teve sua entrega interrompida por um alienígena maluco chamado Hewgodooko, que o força a abandonar sua nave e encalhar no planeta Woanope. Agora, você (no controle de Flux) e o robô Juicebox precisam se apressar para recuperar seus pacotes. Durante essa jornada, você deverá aprender sobre este mundo e superar os diversos obstáculos que ele possui.

Falando assim, parece que Crashlands é um jogo de sobrevivência, o que não é! Você não precisa se preocupar com status dos personagens. Ao invés disso é necessário descobrir receitas e itens que possam ajudá-lo a melhorar suas habilidades e proteção. Sim, você vai precisar de muita proteção.

No início não tem jeito: precisamos explorar e coletar materiais para construir uma base e proteção para o que restou da nave. Também é interessante começar a criar ferramentas que ajudem na coleta de itens mais fortes, permitindo criar armamentos e equipamentos para os personagens.

Imagem do jogo Crashlands
Cuidado com os golpes dos alienígenas. Esquive-se quando ver a marca vermelha de seus ataques.

Uma coisa que me deixou bastante animado em Crashlands é seu inventário infinito e com auto-gerenciamento, que permite que você explore tranquilamente o quanto quiser do mapa, sem a preocupação de ter que retornar para a base para descarregar a mochila. O único impedimento é a falta de ferramentas adequadas em alguns momentos.

Na base, você terá uma mesa de trabalho onde ficam guardados todos os itens que você recolheu. Com eles, podem ser criadas uma infinidade de coisas, inclusive uma mesa de corte de madeiras, o que expande ainda mais a lista de opções de construções.

Criando poderosas armas para derrotar alienígenas

Conforme percorre o mapa, você encontrará inimigos poderosos que não tem a menor piedade, então prepare-se para um sistema de combate que requer agilidade e bastante habilidade. Você pode se tornar poderoso com a criação de novos equipamentos, o que também permitirá explorar outras áreas do mapa.

Imagem do jogo Crashlands
Proteja o que restou da sua nave e construa sua base. Com o tempo, você poderá expandi-la o quanto quiser.

Em meio a tantos inimigos, você também fará alguns amigos. O planeta Woanope possui raças de alienígenas sencientes, que te apresentam suas histórias e problemas. Você poderá ajudá-los, somando diversas missões a se fazer, ou se concentrar apenas no seu real trabalho como entregador.

Há chefões em Crashlands e eles podem ser realmente desafiadores. Derrotá-los requer armamentos bem desenvolvidos. Um detalhe legal sobre a criação das armas é que cada criação vem com elementos novos, podendo ser: armas com raio, veneno e muito mais.

A experiência fica ainda mais envolvente graças aos diálogos cheios de piadas e brincadeiras entre os personagens e alienígenas. Flux, por exemplo, sempre tira sarro das situações arrancando risos durante a jogatina.

Infelizmente, os textos não estão traduzidos para o nosso idioma, podendo tornar a compressão um pouco difícil para certos jogadores, já que há muitos diálogos durante as missões para explicar as histórias das criaturas e suas ocorrências ou durante a exploração enquanto os personagens conversam.

Imagem do jogo Crashlands
O mapa vai aparecendo conforme você explora. Seu estilo não parece muito atraente, mas você se acostuma.

Outro detalhe que chama a atenção é a atmosfera e a arte do jogo. Os cenários são cheios de detalhes e bastante coloridos, enquanto o design dos alienígenas torna até o mais nefasto em uma criatura agradável e carismática. Toda essa ambientação fica ainda mais bela com a trilha sonora, que é bastante cativante.

Interagindo de várias maneiras neste planeta desconhecido

No PC é possível jogar com teclado e mouse ou no controle, enquanto que no mobile utiliza-se os comandos de touch. Já no Switch, podem ser usados os controles ou a tela de toque. Com os Joy-Cons, os comandos estão bem distribuídos. Através do touch, basta tocar nos ícones para abrir menus e nos locais pra que o personagem se mova até lá.

Ainda que hajam diversos comandos, em Crashlands é fácil construir, explorar, gerenciar, equipar e combater. Além disso, também é fácil domar espécies! Sim, é possível! Você pode encontrar ovos e tentar criar essas criaturas, para torná-las suas amigas.

Imagem do jogo Crashlands
Caso esteja longe demais da sua base, você pode usar os pontos de teletransporte para voltar rapidamente.

No modo multiplayer, com um Joy-con para cada jogador, o processo de exploração fica mais ágil e divertido, mesmo que no início os comandos possam parecer confusos e difíceis de se lidar. A interface, felizmente, sempre traz lembretes da função de cada botão.

Definitivamente, Crashlands é um jogo divertido e envolvente. Porém, a progressão pode se tornar repetitiva com o tempo, pois ela consiste da exploração, criação, combate e a repetição de tudo isso para superar obstáculos. Uma maneira de evitar isso é ter tranquilidade na jogatina, para conhecer os segredos e as histórias dos alienígenas.

Esse jogo, com certeza, tem muito conteúdo, histórias e piadas para serem descobertos! Tudo isso te roubará muitas horas em frente ao videogame. A atmosfera de Woanope te prenderá, tornando você em mais um encalhado neste planeta, o que não será ruim.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • História carismática e cômica
  • Diálogos cheios de piadinhas
  • Possui um estilo artístico nostálgico, bonito e agradável
  • Ótima trilha sonora
  • Jogabilidade fácil, mesmo com muitos comandos
  • Repleto de conteúdo para descobrir

Contras

  • Não há legendas e menus no nosso idioma
  • A progressão do jogo pode ser um pouco repetitiva
  • Você só pode consultar a quantidade de itens que coletou quando retorna para a base
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x