Conecte-se conosco

Reviews

Review – Fist of the North Star: Lost Paradise

Publicado

em

fist of the north star lost paradise bg

O mundo dos animes hoje em dia está um pouco saturado de personagens super “apelões” que conseguem derrotar seus oponentes em um ou dois movimentos, mas houve em 1983 o nascimento do primeiro personagem nesse estilo. Criado por Yoshiyuki Okamura, Hokuto no Ken (mais conhecido como Fist of the North Star aqui no ocidente) traz a história de Kenshiro, mestre do Hokuto Shinken, uma arte marcial mortal e destrutiva, que resulta em mortes agonizantes e violentas para seus inimigos. Agora podemos ver uma nova adaptação das aventuras de Kenshiro em Fist of the North Star: Lost Paradise.

No jogo, vivemos uma adaptação do universo de Hokuto no Ken, aonde visitamos a cidade de Eden. Conhecida como a cidade dos milagres, Kenshiro segue para essa cidade após derrotar seu rival Shin, mestre do Nanto Koshūken. Shin, que havia sequestrado Yuria, noiva de Kenshiro, foi derrotado após acreditar que Kenshiro já estava morto, devido ao combate entre ambos anos atrás. Agora resta a Kenshiro encontrar finalmente sua amada, mas ainda existem inúmeros empecilhos no caminho de nosso herói.

Você já está morto

Fist of the North Star: Lost Paradise é uma verdadeira carta de amor aos fãs das aventuras de Kenshiro. O jogo, que no oriente se chama Hokuto ga Gotoku, foi desenvolvido e publicado pela SEGA. A série foi abraçada pela equipe responsável pela franquia Yakuza, o que tornou o jogo ainda mais prazeroso de se jogar. Utilizando a mesma engine e mecânicas de exploração, Fist of the North Star: Lost Paradise é uma aventura extremamente divertida e cheia de momentos épicos.

Fist of the North Star Lost Paradise 20181118092949
Graças ao meme que a frase de Kenshiro se tornou, a equipe da série Yakuza fez um trailer especial mesclando ambos os universos.

A série combina muito bem com o estilo de jogo da série Yakuza, com até mesmo o ator Kazuki Katamura, famoso por ser a voz por trás do protagonista Kazuma Kiryu, emprestando sua voz para Kenshiro no jogo. Além disso, Kazuma pode ser desbloqueado através de um DLC, dando ainda mais um ar familiar para o jogo. Diferentemente de Yakuza, Fist of the North Star: Lost Paradise consegue ser ainda mais violento. A série Yakuza possui golpes bombásticos e violentos, já aqui vemos nossos inimigos explodirem em pedaços e seus membros incharem de maneira grotesca.

A história de Fist of the North Star: Lost Paradise é uma releitura completa do mangá, aonde todos os acontecimentos da série se vêem voltados para a cidade de Eden. Governada por Xsara, Eden é um oásis no mundo pós-apocalíptico do jogo, tendo água, comida e combustível de sobra para seus habitantes. Ciente de que tais riquezas atraem todos tipos de vilões e malfeitores, a cidade vivia em reclusão, aceitando apenas aqueles que possuem um documento oficial.

Kenshiro consegue entrar na cidade ao ser preso por salvar uma das várias pessoas que esperam no portão da cidade. Após resolver isso, os mistérios da cidade de Eden levam Kenshiro para cada vez mais perto de Yuria, mas ainda existem muitos segredos a serem descobertos. Entre eles, está o motivo do vilão Kyouou desejar tanto chegar a cúpula que se encontra atrás da cidade, além de como os vilões clássicos do mangá chegaram a cidade, tais como Throuzer, Jagi e até mesmo Raoh.

Fist of the North Star Lost Paradise 20181118093239
Você é grande e não é dois, eu sou pequeno mas sou ruim.

O combate do game cria uma mistura do combate clássico da série Yakuza com os movimentos do mangá. Diferente de Yakuza, onde após completarmos as barras de energia de Kazuma somos capazes de utilizar movimentos brutais de finalização, em Fist of the North Star: Lost Paradise os jogadores devem fazer com que um crânio ao lado da barra dos oponentes fique completamente iluminado.

Uma vez iluminado, o jogador poderá apertar o botão círculo, atingindo um dos pontos de canalização do oponente. Uma vez que tenha acertado o ponto, você pode tentar atingi-lo perfeitamente ao apertar novamente círculo no momento exato que o jogo pedir. Caso não o faça, o jogador poderá usar um dos muitos famosos golpes do anime como o famoso Hokuto Hyakutetsu-Ken ou, como é conhecido aqui no Brasil, cem punhos de Hokuto.

Fist of the North Star Lost Paradise 20181117154610
O jogo é um verdadeiro presente aos fãs, trazendo diversas referências ao anime.

Ainda sobre a jogabilidade, o jogo permite que o jogador possa explorar um pouco mais desse mundo ao entregar aos jogadores um jeep para que possa explorar os desertos. Neles, podemos encontrar diversas missões secundárias, materiais para a confecção de itens e até mesmo peças para o veículo. Lá também podemos encontrar outros vilarejos menores, a prisão em que Shin (irmão de Kenshiro) está preso, corridas e muitos inimigos.

O jogo também não falha na parte mais divertida da série Yakuza, os minigames. Fist of the North Star: Lost Paradise está repleto deles, contendo o famoso arcade, no qual podemos jogar Space Harrier e outros games, um minigame onde Kenshiro se torna o Bartender e outro onde comandamos um bar e suas acompanhantes. Também existem os cassinos e um minigame onde, ao atender os pacientes de uma clínica, Kenshiro utiliza a batida de musicas clássicas remixadas para poder acertar os pontos de cura dos pacientes e pontos mortais dos inimigos. Tudo ao som de grandes clássicos da música. Afinal de contas, quem nunca se imaginou explodindo um inimigo ao som da Marcha Turca de Mozart?

Fist of the North Star Lost Paradise 20181125141549
Se um Kenshiro já é perigoso, imagina vários indo contra você.

A parte visual do jogo é muito bonita, porém aqueles que não acompanham a série, tanto no mangá ou pelo anime, podem se sentir um pouco incomodados pelo fato dos inimigos serem todos muito parecidos. Isso é algo comum na série de Hokuto No Ken, onde os personagens mais diferentes sempre são aqueles com mais apelo e tempo de tela, enquanto os soldados baixos geralmente são todos parecidos entre si. Algo como os soldadinhos rasos de Cavaleiros do Zodíaco.

A parte da trilha sonora é algo conflitante para mim, pois ela é bem escassa durante todo o jogo. Eu gostaria de ouvir outros clássicos da série e até agora não descobri como, mas acredito que existam outras fitas de música para se desbloquear durante o jogo, pois não aguento mais dirigir pelo deserto ouvindo o tema de Super Monkey Ball!

Fist of the North Star Lost Paradise 20181122221344
Se for para morrer, já leva o seu irmão junto contigo.

No final das contas, Fist of the North Star se mostra um verdadeiro lembrete aos fãs de como a série merecia um jogo ao nível do legado de Kenshiro. Hokuto No Ken foi uma grande inspiração para diversos animes famosos e pavimentou muito do que conhecemos como personagens inabaláveis. Com sua faceta dura e um coração bondoso, Kenshiro segue em busca de sua amada Yuria nessa nova roupagem de um dos maiores clássicos do universo dos mangás, trazendo vilões que marcaram uma geração e heróis que mostram que há sempre uma saída para as piores situações.

Caso esteja querendo começar a se aventurar pelo universo de Hokuto no Ken, mas acredita que tanto o mangá quanto o anime são muito grandes, pode acreditar que Fist of the North Star: Lost Paradise será uma ótima forma de entender uma das melhores obras já feitas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Ótima jogabilidade
  • Personagens icônicos
  • Golpes fluidos e retirados diretamente do mangá
  • História alternativa bem construída

Contras

  • Ausência do minigame de karaokê
  • O sistema de diálogo às vezes é muito enrolado
  • Não há localização PT-BR
1 comentário
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Rios
Fabio Rios
1 ano atrás

Vc já está morto!!! Excelente game pra quem curti o anime

Publicidade
1
0
Would love your thoughts, please comment.x