Conecte-se conosco

Reviews

Review – Mini Motorways

O caminho em Mini Motorways é incrível e te levará por vias duvidosas

Publicado

em

Mini Motorways

A Nintendo Indie World de maio nos trouxe Mini Motorways de supetão, tomando o meu Switch de assalto e se tornando o mais novo vício deste que vos fala. Seu objetivo é simples e direto: conectar residências aos estabelecimentos, formando um trajeto que se torna cada vez maior conforme a partida avança.

Pode parecer algo fácil na teoria, mas na prática meus caros leitores, é o mais puro caos em suas mãos. Há inúmeras formas de tudo dar errado e momentos de tensão o suficiente para te deixar abalado em todas suas estruturas. Não basta ligar o destinatário com o destino, mas ele tem de fazer isso em tempo hábil para aquele lugar não fechar. E se isso ocorrer, pode dizer tchau: deu game over!

A partir disso, a diversão se tornou meu maior aliado no meio dessa zona. Avenidas se atravessando, ruas paralelas, rodovias cortando o mapa…eu tentei de tudo, aprendendo e errando em meu caminho. Isso tudo de forma rápida e sem complicações. E a melhor parte é não ter que me preocupar com os orçamentos de tudo isso, como é em Sim City ou Cities: Skylines. Obrigado, Dinosaur Polo Club.

Mini Motorways Review Img7
Momentos antes da desgraça acontecer

Uma rota para todos dirigirem

Apesar de não ter R$1 para administrar ali, não pense que Mini Motorways é uma bagunça. Todos os recursos são milimetricamente limitados para você fazer o melhor possível com a menor quantidade de materiais que tiver. Você tem apenas um punhado de blocos de rua, ás vezes uma rotatória, sinalização de trânsito, pontes e raramente uma rodovia para interligar dois pontos distantes do mapa.

De início isso é a coisa mais fácil de administrar, ao menos até você atingir cerca de 300 e 400 totens. Depois deste ponto é onde o filho chora e a mãe não vê. E nem de longe isso é algo ruim, pois com o aumento do ritmo, você se vê obrigado a usar tudo de si para a sua capital não afundar no meio da confusão. A lista de coisas que podem dar errado é extensa e engloba quase todos problemas que enfrentamos no mundo real.

Entre os problemas, temos o clássico engarrafamento que é um dos maiores destaques aqui. Sem sinalização ou rotatórias que ajudem o fluxo, uma fila de carros se formará com a maior tranquilidade do universo e pobre de você para se salvar disso. Outro que te atormentará é o uso excessivo de recursos, quais julga serem necessários, mas não alcançam aquele pequeno estabelecimento que surgiu nos quintos do canto do mapa.

Mini Motorways Review Img3
Use seus recursos com sabedoria

Mini Motorways não te deixa muito espaço para trabalhar e isso se espalha em diversos territórios do planeta. Você pode acabar com Tóquio, Pequim, Moscou, Los Angeles, Rio de Janeiro e vários outros que carregam consigo um pouco da cultura mundial. Fazer o trânsito destes locais virar uma zona é extremamente prazeroso e faz o tempo voar que é uma maravilha. Se este game não está no seu radar, deveria inserir, de verdade.

Eu entendo quem leia e pense “nossa, pela forma que você fala parece que se deu bem mal hein?”. A resposta é sim, mas não se preocupe. Você também não dará conta. O jogo tem como o único objetivo ver até onde nossa administração aguenta antes de se transformar em algo insustentável. No fim, vamos todos falhar. O ranking mundial e a alegria do povo é feita por aqueles que fazem isso demorar mais para acontecer. Ou seja: você vai perder, mais cedo ou mais tarde.

Mini Motorways Review Img6
O fim chega para todos

Sem perder tempo em Mini Motorways

A certeza de que não há sucesso é uma das melhores partes deste título. Isso tira um peso imenso das minhas costas. É a mesma sensação de sair das plataformas PlayStation e Xbox com um console da Nintendo nas mãos e cair a ficha de que não temos troféus e conquistas ali. O game me dá a mesma sensação: abre ele, se divirta, vê até onde consegue chegar e se não der certo está tudo bem. Dá para tentar de novo em seguida ou mais tarde.

Meu único problema com Mini Motorways e que me corta parte da excelente experiência foi a inteligência artificial dos meus maravilhosos pilotos. Quando você forma o caminho, eles já predeterminam a rota de cada um e eles farão apenas aquele, a não ser que você apresente algum mais rápido. Porém, se eu abro uma nova pista que signifique uma demora um pouco maior -mas desafoga o trânsito e agiliza o fluxo- eles praticamente ignoram a sua existência e seguem o mesmo rumo.

Mini Motorways Review Img5
É aqui que filho chora e mãe não vê

Eu sei que esperar por um motorista para pensar “poxa, ali está cheio de carros, vou por essa outra via que está mais tranquila” é pedir demais. Porém, se um dos desenvolvedores estiver lendo isso aqui, por favor faça um esforço para isso melhorar. Não me entendam errado, eu vou continuar jogando, mas evitariam o sofrimento de alguém que só quer ver os carrinhos para lá e para cá por mais tempo.

Ainda assim, não tenho nem do que reclamar da minha experiência no geral. Completamente terapêutico e dinâmico, mal posso esperar para ligar meu videogame novamente e começar uma nova partida. E olha que meu backlog conta com Shin Megami Tensei V e a tarefa de completar a Pokédex de Pokémon Legends: Arceus. Se eu parei isso para passar um tempo conectando ruas em minha cidade, imagina quem não está amarrado a nada? Só compre o quanto antes e aproveite!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Extremamente terapêutico
  • Diverte na mesma proporção que desafia
  • Quando o ritmo cresce, a adrenalina sobe junto
  • Te faz perceber que os engarrafamentos que vê na vida real são fichinhas perto do problema que causa

Contras

  • IA dos motoristas poderia te ajudar mais
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x