Conecte-se conosco

Reviews

Review – NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1

Publicado

em

NeoGeo Pocket Color Selection Vol 1 CAPA

Entre cada um dos seus lançamentos, a SNK foi reconquistando o seu público através dos seus jogos de sucesso do catálogo do NeoGeo Pocket Color de volta. Antes restritos apenas à plataforma antiga, a empresa se uniu aos desenvolvedores da Code Mystics para adaptá-los no Nintendo Switch, com uma série de recursos que agradaram os mais saudosistas e os novatos, que estão conhecendo-os agora.

Até então com seis games, a SNK decidiu chutar o pau da barraca e lançou a seleção completa em um game só. Já seria ótimo se viesse apenas com os games que saíram, porém a empresa não estava satisfeita e buscava a perfeição. Nisso, vieram não só um ou dois títulos adicionais, mas quatro games completos que não lançaram de forma isolada, multiplicando ainda mais a diversão dos fãs.

O top dos portáteis

A NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1 traz o total de 10 jogos, sendo seis deles que já tinham saído separadamente desde o mês de maio de 2020 e quatro inéditos, que ainda não constavam ainda na coletânea. A lista completa inclui:

Você pode clicar nos links acima para ver as avaliações individuais que realizamos de cada um dos títulos lançados no passado. Neste texto vamos focar nas adições que a SNK trouxe à seleção, completando um material que já era espetacular por mérito próprio.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
A coletânea conta com dez jogos incríveis e cheio de sucessos.

Não é segredo para ninguém que a produtora conseguiu migrar o gameplay de forma fluída em todos os ports remasterizados, porém ainda assim o foco dos seus últimos lançamentos estavam apenas nos seus jogos de luta. Sempre ficou a dúvida de quando entrariam os variados gêneros que existiam no catálogo do NeoGeo Pocket Color, com a resposta finalmente chegando em nossas mãos.

Eu mesmo pedi bastante pela chegada de Metal Slug, qual mandaram dois de uma vez só, para a minha alegria. Se você já jogou qualquer um, sabe muito bem como funciona a estrutura de plataforma e tiro e fiquei maravilhado em ver que mantiveram a qualidade mesmo com pouquíssimos recursos antigamente. Apesar da tela menor, menos inimigos e, consequentemente, menos ação, ele não deixou de ser desafiador.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
Metal Slug continua desafiador, mesmo em versão portátil.

Para compensar a ausência de um verdadeiro batalhão de soldados aparecendo ao mesmo tempo e de todos os lugares possíveis, o destaque vai para os diferentes modos que você adentra dependendo da fase. Seja no clássico, correndo e atirando, em cima de um tanque, dentro de um avião, submarino ou pulando de paraquedas enquanto desvia dos projéteis, você se sentirá no limite de uma guerra de algum modo.

Independente do que digam ou afirmem do que se trata a franquia, é um dos elementos mais importantes junto ao humor e isso eles preenchem com uma facilidade absurda. Dessa forma, recomendo fortemente que testem e deem uma chance à jornada para enfrentar o exército inimigo, alienígenas e todas as demais invenções que colocaram dentro da série. Não se arrependerá em momento algum.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
Até submarino aparece em seu gameplay.

E, sendo sincero, são nestes dois que os recursos da NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1 se destacam. Tanto pela função de poder dar zoom na tela quanto pelo Rewind, que será exigido assim que você cometer alguma falha e precisar reverter a situação. E não me fale que não usará, só quem morrer mais de seis vezes no mesmo trecho entenderá a frustração que é algo besta te derrubar e a ferramenta estar logo ali para ser usada.

Além disso, vamos combinar, Metal Slug: 2nd Mission tem um acabamento ainda melhor do que aquele usado em 1st Mission, porém ambos são divertidíssimos e indico para todos que joguem ambos, literalmente em sequência, para não perder nenhum instante do ritmo.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
Jogue ambos, a diversão será em dobro.

Rostos desconhecidos

Agora partindo para Big Tournament Golf, apesar de ser um título excelente e que carrega consigo diversas ferramentas do golfe, de forma surpreendente até para um portátil, ele não traz nada que vá muito além de algumas boas tacadas e mapas que vão te fazer revirar a mente para acertar o alvo distante com a maior precisão possível.

Não é para menos, já que ele é uma versão completamente adaptada dos arcades para um aparelho que disputava seu espaço junto ao Game Boy Color. Recomendo se você for um grande fã do esporte e deseja conhecer os atletas de todo o mundo, incluindo do Brasil. O detalhe é que são completamente estereotipados, mas o que não era nos anos 90, não é?

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
Sem muito segredo, o golfe na seleção é uma ótima inclusão.

Caso o nome seja estranho para você e não conheça a franquia, aqui no Ocidente ela foi chamada de forma diferente, com o título de Neo Turf Masters. Não sei o que deu na SNK para utilizar o nome oriental, porém chegou assim e acredito que não mudarão isso no futuro de algum modo.

Por último, o nome mais estranho de toda a NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1 é o RPG de ação Dark Arms: Beast Buster. Isso comparando ele às maiores bizarrices que já cheguei a ver por toda a seleção, incluindo Iori Yagami vestido de mulher para participar de SNK Gals’ Fighters. Destoando completamente dos demais, este é um título sombrio e cheio de nuances.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
Dark Arms: Beast Buster é mais sombrio e tenebroso.

Fazendo um pacto com um misterioso mestre das trevas, o protagonista segue para uma dimensão repleta de monstros e demônios para serem derrotados, alimentando a sua arma com as almas destas criaturas. O plano é simples, assim que juntar o suficiente, ela será indestrutível e terá um poder imensurável. Bem ambicioso, convenhamos.

Apesar de, inicialmente, achar o gameplay confuso e não tão simples assim, logo me adaptei e estava caçando as 99 almas pedidas para passar ao próximo cenário. Não é nada de absurdo, porém ele é extremamente cansativo, considerando que o primeiro trecho só tem seis criaturas e você tem de repetir inúmeras vezes até alcançar o número para receber a permissão de avanço.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
O gameplay é simples, mas precisa se acostumar antes.

A cada vez que retorna para a casa do Mestre, você terá a sua experiência contabilizada e poderá salvar o jogo. Após passar pelos primeiros perrengues, também serão liberados os primeiros updates para a sua arma, que se torna cada vez mais eficaz com estes novos recursos.

O melhor do NeoGeo Pocket Color?

Sendo muito sincero com vocês, por mais que a variedade esteja chegando na NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1, indicaria a aquisição se você for muito fã de jogos de luta ou se curtir as partidas de Metal Slug que ela tem a oferecer.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
Só Metal Slug segura para quem não é fã de jogo de luta?

Os outros jogos são ruins? Não são, longe disso na verdade. Porém, a falta de diversidade poderá causar um vazio para quem deseja vários títulos distintos. Não creio que muita gente esteja ansiosa para colocar as mãos em Dark Arms ou em Big Tournament Golf de forma primária.

Está bem que o aparelho não tenha ido muito longe em sua época, dos 31 jogos lançados oficialmente no Ocidente, recebemos 10 deles no Nintendo Switch e isso já é excepcional em nossos parâmetros. Ainda assim, a estratégia da SNK foi clara, chamar atenção com seus maiores personagens e carisma, que está nos combates, para depois desenvolver variedade na seleção.

Imagem do review de NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1
Você compraria a seleção por Dark Arms? Pois é…

Afinal de contas, você acha que ela estará isolada? O Volume 1 do nome não me parece nada definitivo, sendo que um 2 e um 3 já podem estar numa mesa de planejamento e ainda nem sabemos o que está por vir. Mas falando com o que temos em mãos, isso pode ser um problema para o público geral que deseja pular nesta coleção em particular. Principalmente por também termos outros games de aventura, TCG e ainda mais gêneros no portátil que podem surgir futuramente.

A NeoGeo Pocket Color Selection Vol.1 traz excelentes jogos e inovou a forma que estava trabalhando anteriormente, mas esteja pronto para entrar no ringue. Para mim, que sou fã dos games do gênero, estou mais do que satisfeito e ansioso pelas demais. Porém, para qualquer um, é como se a Nintendo lançasse a “Game Boy Advanced Selection” com cinco jogos do Pokémon e incluindo um Wario Land aqui e um Kirby ali. Será um sucesso para os apaixonados pelos monstros de bolso, mas o restante sentirá a falta de vários outros.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Os dez jogos são sensacionais
  • Recursos como manuais, Rewind e zoom ajudam muito
  • Incluir Metal Slug foi jogada de mestre

Contras

  • 60% da coletânea é apenas de jogos de luta, o que afasta apaixonados por outros gêneros
  • Dark Arms e Big Tournament Golf são distintos, mas não chamam muita atenção
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x