Conecte-se conosco

Reviews

Review – Overcooked! 2

Publicado

em

overcooked2 bg

Quem nunca jogou Overcooked, talvez a sequência seja uma pedida ainda melhor: ele traz de volta tudo o que há no jogo original e expansões e inclui uma boa pitada de novidades. Mas aqueles que já jogaram possivelmente não irão se surpreender tanto, já que o game mantém sua fórmula de sucesso: montar pratos e entregar o máximo de pedidos possíveis no tempo limite, enfrentando a confusão natural da jogatina em co-op.

Na trama, o Rei Cebola acorda sem querer os Pães Mortos-Vivos (Unbread) e pede a ajuda dos chefs para derrotá-los. Embora esta seja a ameaça principal da campanha, há uma mais frequente: a ira dos clientes famintos. Cada cozinha é única, sendo necessário se acostumar o mais rápido possível com o cenário e posição dos ingredientes para montar os pratos e entregar os pedidos na ordem correta para não comprometer o árduo trabalho de cortar, cozinhar, assar e fritar. E jamais esqueça de lavar a louça!

Me joga um peixe!

Em até 4 jogadores, o objetivo é fazer a maior quantidade de pontos entregando os pedidos para conquistar três estrelas por fase, pois elas são cruciais para abrir as fases seguintes no mapa. A primeira e mais importante novidade é a inclusão do modo online, que não existia no game original. Claro que jogar em modo local fica muito mais fácil e divertido, uma vez que está todo mundo junto. Mas o online pode ser jogado com ou sem um headset para se comunicar: através de uma roda de opções você pode usar emotes para avisar o que irá fazer, como cortar ou lavar louça. Isso só não funciona muito bem quando está todo mundo sem comunicação por áudio, pois nem sempre você consegue parar o que está fazendo pra prestar atenção no que outros chefs sinalizam.

Imagem do jogo Overcooked! 2
O uso de emotes pode ajudar no online, mas não espere milagres.

Outra novidade muito bem vinda é a opção de jogar os ingredientes. Isso facilita muito as coisas, inclusive pela possibilidade de outro chef pegar o ingrediente arremessado no ar. Dá até mesmo pra jogar arroz direto na panela, um peixe cortado direto na frigideira ou mesmo um tomate direto na tábua de cortar. Só não dá pra jogar o extintor, as panelas e os pratos montados, o que deixaria o jogo fácil demais. Para arremessar um ingrediente você aperta um botão e segura, mirando com uma seta para onde irá jogar ao soltar o botão. E, claro, nem sempre você irá jogar no lugar certo.

Para não repetir muito as receitas introduzidas no game anterior, há outras novas em Overcooked! 2. Agora podemos fazer bolos, panquecas, nuggets (com fritas) e macarrão. Pra alegria dos fãs de comida japonesa temos também sushis (de peixe e pepino) e sashimis (de peixe e camarão), além de cozinhas temáticas e um novo tipo de panela a vapor (de bambu) para cozinhar outros pratos inéditos.

Imagem do jogo Overcooked! 2
Esta é uma das fases especiais, com Unbreads rondando a cozinha.

Cozinhas desplanejadas

Se no jogo original somos atrapalhados por elementos que mudam de posição, esteiras, calotas polares escorregadias, fogo e até ratos ladrões, em Overcooked! 2 a diversidade concentra-se em mudanças na estrutura da cozinha. Um exemplo é a cozinha em balões, que mudam de posição, recebem rajadas de vento e caem revelando uma nova cozinha em terra firme. Outro exemplo são os portais, que não apenas servem para ir de um lado a outro do cenário como também para jogar ingredientes através deles.

Mantendo a tradição, você desbloqueia chefs ao avançar as fases. A turma toda do game anterior está de volta, com a adição de novos chefs como um rato e uma água. E quem fez a pré-compra garantiu o Too Many Cooks Pack, que adiciona cinco novos chefs: um alienígena, uma morsa, um unicórnio, um macaco e um gato. No Switch, há um chef exclusivo: um ornitorrinco bem maneiro.

Imagem do jogo Overcooked! 2
Cozinhas em balões, com vento pra atrapalhar e uma queda iminente.

O mapa também segue o mesmo formato de antes, com 6 áreas contendo 6 fases cada, sendo a última um desafio especial. Pra quem já está acostumado com Overcooked!, não demora muito pra terminar. Mas se prepare: a fase final (6-6) apresenta duas variações complicadas de cozinha, muitos pedidos e 15 minutos para completá-la. Infelizmente, com a novidade de arremessar os ingredientes, o game ficou muito mais fácil que o anterior.

Tudo bem que com quatro chefs na partida fica tudo mais difícil de coordenar, mas em dois jogadores o modo história acaba rapidinho (em torno de 5 horas, já contando a repetição de fases pra conquistar as três estrelas). No online, pelo menos, a brincadeira no modo arcade e versus é infinita. Só evite jogar com desconhecidos: a chance de ver sua cozinha em chamas aumenta drasticamente, junto do stress.

Imagem do jogo Overcooked! 2
As fases com portais promovem uma nova camada de estratégia ao game.

Overcooked! 2 é uma excelente pedida, tanto para os chefs iniciantes como para os experientes: tem tudo o que o jogo original tem de melhor e novidades mais do que bem vindas. Ainda assim senti que a Ghost Town Games teve medo de arriscar, seja criando um jogo maior e com chefes de fase ou mesmo evoluindo sua própria fórmula. Talvez estejam segurando as novidades para os futuros DLCs, assim como fizeram com o game original. Eu só sei que estou feliz de voltar pra cozinha mais caótica dos videogames.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Receitas inéditas pra fazer
  • Cozinhas ainda mais caóticas
  • Poder arremessar os ingredientes
  • Vários chefs pra desbloquear

Contras

  • Poucas inovações
  • Mais fácil que o game original
  • Modo história acaba rápido
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x