Conecte-se conosco

Reviews

Review – Raskulls

Publicado

em

raskulls bg

À primeira vista, jogando as fases iniciais ou pulando direto no modo multiplayer, Raskulls pode parecer um título simples que explora de maneira criativa, mas limitada, sua mecânica. Esta é uma espécie de mistura de jogo de plataforma com elementos de corrida, e destruição de blocos à la Mr. Driller, em que blocos de cores iguais se misturam, podendo então ser todos destruídos com um golpe só. Surpreendentemente, não é necessário muito tempo para perceber que isso é apenas a ponta do iceberg, e que a mecânica, aparentemente tão limitada, é explorada de maneiras variadas e criativas.

Não que seus comandos básicos variem de estágio para estágio. Vocês estará, do começo ao fim, destruindo blocos coloridos e correndo contra o tempo ou contra outros Raskulls. No entanto, os objetivos que devem ser cumpridos usando disso aparecem em bom número. Além de corridas, há desafios em que o número de blocos que podem ser destruídos são limitados, fases em que você deve ascender até a saída – o que significa quebrar os blocos de maneira estratégica e rápida -, estágios em que deve esculpir os blocos de maneira específica etc. O mais interessante é que nenhuma dessas variações está lá apenas para fazer quantidade. Alcançar esses objetivos é satisfatório e nenhum dos modos parece menos bem planejado do que o outro, todos foram cuidadosamente criados.

raskulls_1

Em certos momentos da aventura, fases extras, chamadas de Mega Challenges, serão abertas. Como o nome indica, esses são estágios de dificuldade alta, que nas primeiras tentativas me fizeram exclamar alto sobre a impossibilidadfe daquilo. Os desafios, em sua maior parte, são baseados nas mesmas mecânicas usadas anteriormente, mas a precisão, habilidade e velocidade pedida aqui é muito maior. O interessante é que, apesar da plena convicção de que aquilo simplesmente não podia ser feito, há um estranho impulso – mais ou menos como acontece em Super Meat Boy – que me impeliu a tentar de novo e de novo. Eu normalmente não sou um grande fã desses tipos de extras em jogos, estando satisfeito em experienciar apenas aquilo colocado no caminho principal. Porém, por causa desse impulso, de pouco em pouco fui melhorando, vendo o sucesso cada vez mais próximo. A dificuldade ajustada permite que você perceba claramente em quais pontos deve melhorar e o que deve fazer de diferente, para eventualmente alcançar o objetivo. A sensação de satisfação quando um desses desafios é finalmente transposto é maravilhosa, o que me motivou a fazer todas essas fases extras ao invés de simplesmente desistir diante da dificuldade.

Levando você de estágio em estágio está uma história que não é nada mais do que um pretexto. Ainda assim, ela consegue ser engraçada tanto visualmente como através de seus textos, e acaba sendo uma adição válida ao resto do pacote.

raskulls_2

É só uma pena que Raskulls não dure muito. As fases da campanha solo são divertidas e variadas, mas acabam rapidamente. São apenas três mundos, que podem facilmente ser terminados todos em uma tarde, e isso durará ainda menos caso você não tenha interesse em fazer os Mega Challenges. O multiplayer tem seu charme, mas ele não é tão interessante quando a outra parte do conteúdo. O grande problema é que o único modo disponível para vários jogadores é a corrida que, enquanto divertida, não chega aos pés das outras coisas encontradas na aventura. Além disso, não há nenhum elemento de aleatoriedade nos percursos; a disposição dos blocos é sempre a mesma, então não demora muito para ter tudo memorizado. A única coisa que pode alterar um pouco o desenrolar dos eventos são os itens pegos pelo trajeto, que aparecem em outras modalidades além da corrida. Porém, a impressão que tive é a de que o poder deles é um pouco desequilibrado; um jogador habilidoso que consiga as bolas de fogo muito provavelmente irá ganhar, pois elas são muito melhores do que qualquer outra coisa. Também é bom ressaltar que encontrar outras pessoas online não é fácil, mas ao menos o multiplayer pode ser jogado localmente.

Raskulls é um jogo com aparência simples, mas que esconde bastante complexidade. A única coisa que o impede de poder ser mais interessante é a quantidade de conteúdo que ele oferece, pequena demais. Raskulls pode não durar muito mais do que uma tarde, mas, especialmente na companhia de outras pessoas, é certamente uma tarde muito divertida.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • É engraçado
  • Modos variados e muito divertidos
  • Desafios extras com dificuldade alta, mas nunca injustos

Contras

  • Curto demais
  • Mono online limitado a corridas
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x