Conecte-se conosco

Reviews

Review – Red’s Kingdom

Publicado

em

Reds Kingdom bg

É possível que Red’s Kingdom passe despercebido em meio aos vários indies que são lançados na Nintendo eShop. Meu desejo é que isso não aconteça, pois temos aqui um jogo repleto de surpresas e que todos deveriam conhecer. Ele proporciona tanta diversão com seus desafios que o tempo voa rápido durante a jogatina, além de possuir uma boa quantidade de coletáveis, vários ambientes para explorar e uma história infantil que consegue tirar sorrisos de marmanjões.

Este é um jogo de aventura isométrica e puzzles, muitos puzzles. Red é um esquilo que teve seu estoque de nozes apreendido pelo Mad King Mac, um esquilo bastante revoltado que também teve a maldade de sequestrar o pai de Red e roubar sua noz dourada. Agora precisamos explorar esse imenso reino superando os obstáculos em busca do velho esquilo enquanto recuperamos as nozes.

Role pra lá e pra cá

Red’s Kingdom começa com uma animação simples, com legendas em português. As cenas introduzem a história, que é boba, mas pode acabar se tornando comovente conforme nos apegamos aos personagens. Começamos a exploração dos ambientes passando por um breve tutorial, onde aprendemos que Red se movimenta apenas rolando em linha reta por uma grade invisível, muitas vezes indo de uma ponta a outra dos cenários. Parece fácil progredir, até precisarmos utilizar os obstáculos para mudar a direção do movimento para acessar outras áreas.

Imagem do jogo Red's Kingdom
Ela não parece tão preocupada quanto diz.

Os obstáculos vão se tornando quebra-cabeças bastante desafiadores, te fazendo pensar por algum momento até descobrir uma maneira de ultrapassá-los. É possível retornar às fases e tentar caminhos alternativos que provavelmente você não viu antes. É interessante notar que desta forma o jogo não cansa o jogador, mesmo que o desafio seja complicado. Às vezes as soluções são tão obvias que ao superá-los ficamos com cara de bobo.

Há uma variedade de obstáculos que compõem os desafios das fases: caixotes, pisos grudentos, caixas móveis e diversos outros objetos que, além de bloquear a passagem do personagem, criam novas possibilidades de movimentação que resultam em novos caminhos. Mas se o jogador se perder nestas movimentações e não souber mais o que fazer, basta começar novamente.

Enfrente um bando de esquilos

Claro que, em meio aos quebra-cabeças, há também diversos inimigos para enfrentar. Alguns deles são fortes demais e só podem ser vencidos após adquirir vida extra para Red ou após libertarmos alguns personagens presos que lhe recompensarão com novas habilidades.

Imagem do jogo Red's Kingdom
Parece simples, mas para ir de um ponto ao outro serão necessários muitos movimentos.

Red’s Kingdom possui um mapa consideravelmente grande e funciona como um mundo aberto. A exploração é livre, mas algumas áreas requerem chaves ou habilidades para serem acessadas. Essas chaves estão perdidas pelo jogo e elas abrem fases que geralmente guardam colecionáveis que complementam a história ou recompensam com itens que aumentam a vida do personagem.

Às vezes é preciso retornar grande parte do mapa para encontrar algum item específico. Para isso é necessário repetir os desafios já vencidos, o que pode cansar um pouco o jogador. Para ajudar neste regresso há alguns pontos de teletransportes espalhados pelo mapa, embora pudesse haver mais alguns deles, pois mesmo após utilizá-los ainda é necessário repetir por um longo caminho até o objetivo.

Pode ser difícil de determinar onde o personagem vai parar após seu movimento, o que pode lhe custar algumas vidas. No Switch, jogando no modo portátil, dá pra evitar isso com a possibilidade de pressionar o dedo na tela para revelar uma linha pontilhada com os possíveis caminhos de Red. Jogando no modo Dock, ao segurar o botão A o traçado também aparece. O problema é que o mesmo botão, se pressionado rapidamente, é utilizado para interagir com o cenário.

Imagem do jogo Red’s Kingdom
Uia, tem um GameCube na casa do Red!

Red’s Kingdom possui um visual charmoso e bastante agradável aos olhos, com personagens e cenários coloridos e cartunescos. O diálogo entre os personagens é geralmente breve, mas com espaço para boas piadas e trocadilhos. O jogo está repleto de objetivos para serem cumpridos, baús para encontrar e outras coisas espalhadas em mais de 15 ambientes. Além disto, há um sistema de conquistas que são desbloqueadas conforme cumprimos objetivos específicos como coletar 1000 nozes ou salvar um determinado personagem.

Não se deixe enganar pelo visual e enredo infantil: Red’s Kingdom é um excelente e viciante jogo de quebra-cabeças, que possui um ótimo balanceamento entre diversão e desafio. Caso não tiver um Switch, fica tranquilo que o game está disponível também para PC e iOS.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Belos cenários isométricos
  • A história é boba, mas divertida
  • Desafios variados e bem bolados
  • Há diversos colecionáveis escondidos
  • Legendado em português

Contras

  • A trilha sonora às vezes para de tocar
  • Com tantos botões disponíveis, decidiram colocar duas funções no mesmo
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x