Conecte-se conosco

Reviews

Review – Remothered: Broken Porcelain

Publicado

em

RBP bg Gamerview

O tempo é algo que, mesmo sendo tão imponente, é frágil como porcelana. Assim como um objeto de lembrança, a memória pode se corromper com o tempo, deixando para trás apenas o vazio frio do esquecimento. Remothered: Broken Porcelain é a incrível sequência de Remothered: Tormented Fathers, trazendo o presente após os eventos do primeiro jogo e um pouco do passado ocorrido na pousada Ashford.

Aqui controlamos a jovem Jennifer, em um estado temporal totalmente diferente do que se espera. Assim como muitos, fui pego de surpresa pelo desenrolar da trama, na qual acreditava controlar uma determinada personagem. No entanto, o destino e os escritores tinham outros planos. Isolada neste local, semelhante ao hotel Overlook, de O Iluminado, aqui Jennifer e Lindsay irão enfrentar pesadelos aterradores.

Reflexos distorcidos

Em Remothered: Broken Porcelain, conhecemos uma jovem Jennifer, em 1973, que acabou de chegar à pousada Ashman. Segundo a visitante, ela é órfã e precisa de trabalho, após ter sido expulsa do Instituto de Garotas Flemmington. No entanto, a verdade é algo mais profundo e Jennifer sabe que Ashman talvez conheça seu segredo. Assim a jovem começa a viver e trabalhar no local como uma camareira, junto de Elisa, Andrea e Lindsay.

Imagem do review de Remothered: Broken Porcelain
Uma face para se lembrar.

No entanto, a amizade foi mais forte com a jovem Lindsay. Amizade está que evoluiria para um amor proibido entre as jovens. Mesmo assim, os dias pareciam ser “felizes” na medida do possível na pousada. Assim como no clássico filme de Kubrick, há uma nevasca e a situação muda. Jennifer começa a ter vislumbres de um horrível futuro que aguarda a todos. Junto de Lindsay, nossa protagonista começa a notar os bizarros acontecimentos que cercam o local e seus moradores.

Enquanto isto, no presente, vemos Rosemary Reed enfrentar seu antigo nêmeses e perseguidor, Stephano Ashman, dono da pousada. Ambos se lembram dos eventos ocorridos e Rosemary continua sua busca por Celeste Felton. Ele se recordam de como a droga Phenoxyl transformou todos no local em criaturas obedientes à Porcelana, uma entidade que vagava pelos corredores escondidos entre as paredes da pousada.

A sangue na cozinha, a sangue no salão…

Guiadso pela droga e pelo controle das mariposas, aqui temos um vislumbre ainda maior sobre os acontecimentos passados. Descobrimos o verdadeiro objetivo da droga Phenoxyl: uma maneira de criar humanos capazes de telepatia e até mesmo controle mental. Com este conhecimento, Jennifer e Lindsay devem encontrar uma maneira de fugir do local antes que sejam mortas, uma vez que Porcelana controla os outros membros da pousada com facilidade.

Imagem do review de Remothered: Broken Porcelain
É sempre bom ficar atento aos detalhes.

Entretanto, eles não são os únicos problemas de Jennifer e Lindsay, já que a Freira Carmesim retorna mais uma vez. Ela está caçando Jennifer em uma busca doentia: ela quer a morte da jovem garota e de quem mais estiver a apoiando. Com isto, o jogador deve estar preparado em dobro para Remothered: Broken Porcelain, já que, se no primeiro título as perseguições já eram irritantes, aqui elas são ainda mais desafiadoras, seja com um ou mais perseguidores no encalço de Jennifer ao mesmo tempo.

Com uma mecânica de gameplay mais polida, desta vez temos ainda mais oportunidades de contra atacar e enganar nossos oponentes. No entanto, a parte de colisão ainda está bem precária, fazendo com que acabemos morrendo por estarmos travados na parede. Em algumas vezes, os próprios inimigos irão nos puxar de dentro desta prisão invisível de colisão, provando que os desenvolvedores “sabem” que esse problema ainda está persistindo neste novo título.

Imagem do review de Remothered: Broken Porcelain
Porcelana está sempre observando.

Ódio e vingança

O assovio de Porcelana é de fato algo confortavelmente infernal. Esse alerta sonoro faz com que o jogador esteja sempre esperando pelo próximo ataque de suas marionetes ou da entidade e sua terrível bengala em forma de coluna cervical. Essa é uma arma mortífera nas mãos deste frio assassino. Além dela, Porcelan usa o poder das mariposas, que seria posteriormente herdado pela Freira Carmesim. Tudo isso torna toda a situação ainda mais aterradora para Jennifer e os jogadores.

Com a habilidade adquirida de também poder controlar as mariposas, agora o jogador pode, em parte, revidar. Além de conseguir atacar inimigos desatentos, agora é possível usar o poder latente de Jennifer para encontrar itens e interagir com botões e objetos. Isso facilita a navegação pelo hotel de Remothered: Broken Porcelain, um local ainda mais macabro que a mansão Felton. Além disso, é incrível ver o salto da qualidade da atmosfera entre os jogos, com os gráficos continuando incríveis e a sonoplastia ainda ser de ponta.

Imagem do review de Remothered: Broken Porcelain
Mesmo sendo uma boa pessoa, o controle de Porcelana traz o pior de Andrea à tona.

Remothered: Broken Porcelain, é sem dúvida alguma, uma evolução entre os jogos, com grandes melhorias. Ele ainda conta com uma extensa e detalhada recapitulação dos eventos do primeiro jogo, não deixando assim ninguém perdido. No entanto, o problema da colisão ainda me deixa um pouco angustiado.

A troca de dubladora de Rosemary me deixou um pouco fora de centro por um instante. Gosto muito da dubladora original Danielle McRae, pois já a conhecia de Skullgirls. Entretanto, a novata Haley C. McCarthy também faz um ótimo trabalho interpretando Rosemary.

Então, reserve um quarto na pousada Ashman e se prepare para fugir e lutar contra Porcelana. Essa é uma história que mostra que nada é inquebrável, nem mesmo os piores monstros.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Ótima ambientação
  • Personagens marcantes
  • Sonoplastia continua marcante
  • Gráficos belíssimos
  • Trama continua excelente
  • Supera o primeiro

Contras

  • Problema de colisão de personagens
  • Um pouco confuso em certos momentos
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x