Conecte-se conosco

Reviews

Review – Rogue Singularity

Publicado

em

Rogue Singularity bg

O universo corre perigo e Rogue Singularity apresenta um novo candidato a herói: um valente robô que arrisca sua vida para percorrer pelos destroços do mundo (que estão à deriva pelo espaço), na tentativa de vencer os desafios propostos por um outro robô maldoso e impedir seus planos de criar um imenso buraco negro. Este mundo em pedaços reserva obstáculos e plataformas bastante desafiadoras, e o seu personagem precisará de mais do que apenas coragem para vencer.

Rogue Singularity é um jogo de ação em plataformas 3D com fases geradas processualmente, e nele você deverá aprender diversas habilidades e ser ágil para executar movimentos rápidos e precisos, pois nenhum dos obstáculos vão hesitar em quebrá-lo em pedaços. Inspirado em títulos de plataforma dos anos 90, esse jogo traz uma jogabilidade simples e várias habilidades para lidar com níveis repletos de criatividade.

Participando de uma gincana perigosa

A história deste jogo não é extremamente elaborada, portanto não há muito o que esperar desta característica. No entanto, os diálogos do vilão podem te surpreender, pois às vezes são tão sarcásticos que chegam a ser cômicos, fazendo piadas sobre suas falhas, sobre sua demora para executar comandos ou em diversas outras situações.

Imagem do jogo Rogue Singularity
Cuidado com o vão entre as plataformas.

Rogue Singularity te colocará em diversas fases cheias de plataformas flutuantes, e seu primeiro objetivo será se acostumar com a disposição do level para sobreviver e não cair nos precipícios. De início, a câmera, a movimentação do robô e o formato da fase podem ser estranhos, já que as plataformas possuem muitas variações de altura, e por mais que você possa movimentar a câmera para qualquer lado, a perspectiva muitas vezes é confusa.

Pra piorar, o movimento do robô é meio duro e nem sempre dá para saber onde exatamente vamos cair após um salto. Felizmente é possível se acostumar com esse design e ganhar precisão, mas tenha certeza de que muitas mortes serão frustrantes, pois são consequências de não conseguir entender a profundidade do nível.

Para ajudar nesta tarefa complicada, nosso pequeno robô é bem ágil e tem diversos movimentos, mas você também pode adquirir outras habilidades que podem até resolver parte da estranheza sobre a movimentação e controle de câmera, como um equipamento que permite planar após o salto, tornando um pouco mais fácil a visualização do pouso, e também um gancho que é ótimo para evitar quedas, entre outras bugigangas que você vai trocando por moedas. Só é possível escolher uma habilidade por vez, ou seja, você não vai se transformar em uma supermáquina.

Imagem do jogo Rogue Singularity
Impressão minha ou ele está vendo os créditos do jogo?

Você também pode comprar itens que podem ser úteis em situações perigosas, como plataformas de pulo e um ímã para atrair moedas, assim não precisará arriscar tanto sua vida por ganância. No Nintendo Switch, o jogo faz uso do HD Rumble como reação para diversas ações, o que é bem legal e ajuda a sentir os comandos sendo executados, mas não pense que esses itens vão facilitar a progressão, pois em Rogue Singularity isso está fora de cogitação.

Ao infinito e além

Durante o jogo, é possível encontrar novas peças para customizar o robô. São diversas opções que mudam completamente o visual de sua carcaça, e além disso também é possível encontrar novas cores para deixar o pequeno herói de lata mais estiloso e único. Esses e outros itens são recompensas valiosas, pois para encontrá-los você precisará atravessar caminhos alternativos que certamente estarão repletos de armadilhas letais. É um belo jeito de instigar a curiosidade dos jogadores para explorar as fases, mas às vezes isso joga um balde de água fria na experiência quando a recompensa não passa de uma pequena porção de moedas.

Imagem do jogo Rogue Singularity
Quanto custa a lataria?

Mesmo com tantas opções de customização, o visual de Rogue Singularity não é nada muito surpreendente. No modo docked do Nintendo Switch, a imagem pode ficar pior devido à quantidade de serrilhados. Os cenários possuem cores e texturas que até são bonitas, mas muitas vezes elas são tão fortes que podem confundir o jogador ou até incomodar, já que o pequeno robô com suas cores iniciais sem brilho parece um modelo de massinha perdido em meio à ação. Felizmente, o visual melhora após destravar cores metalizadas.

Em meio a essas fases malucas, surgem inimigos e obstáculos sem sentido, como um rinoceronte mecânico correndo em círculos, um braço girando para todos os lados tentando lhe cortar ao meio, pequenas mãozinhas no chão que tentam te agarrar e alguns feixes de lasers posicionados em locais que nem fazem parte do trajeto principal, mas muitas vezes acabam atraindo os jogadores por darem a impressão de que escondem algo interessante – no fim, trata-se apenas de uma infeliz armadilha, ou loucura da geração de fases processuais.

Rogue Singularity 04
Por que raios tem um obstáculo em um canto vazio do cenário?

As fases nunca serão as mesmas, desta forma é necessário estar sempre adaptando seus movimentos, o que é ótimo por não deixar a jogatina tornar-se repetitiva, mesmo com tantas mortes. Por outro lado, as músicas podem enjoar bem rápido. Cada ambiente possui uma única música, mas ela não é dinâmica e não há alterações conforme ocorrem as situações dentro do jogo, então tocam em loop infinito até que você avance.

Rogue Singularity também possui recursos online, e habilitando essa opção o jogo marcará seu tempo e, se você ficar entre os 10 primeiros lugares, sua fase ficará disponível no ranking para outros jogadores e vice-versa. Desta forma, você pode tentar vencer o tempo ou simplesmente ver como foram gerados os percursos dos outros jogadores.

Há também desafios diários que trazem fases aleatórias e o Laboratório do caos, que contém fases ainda mais difíceis, todas com rank online. Mas talvez a melhor característica deste recurso é que não é necessário ter a assinatura da Nintendo Online. Por outro lado, a sensação que fica é que todos os modos parecem apenas mais do mesmo.

Imagem do jogo Rogue Singularity
Tudo bem, é só um Rinoceronte de metal correndo em círculos no meio do espaço.

O jogo apresentou pequenos bugs e travamentos durante a jogatina, principalmente durante a visualização do menu de classificações. Talvez isso ocorra devido à conexão online onde o jogo atualiza as informações, mas ainda assim leva alguns minutos para voltar ao normal e isso pode ser bastante incômodo. Já os outros problemas felizmente não atrapalham a precisão nem os desafios das fases.

Rogue Singularity, por fim, é um jogo legal e extremamente desafiador, que exige um tempo para se acostumar com a câmera e movimentação do robôzinho, mas quando isso acontece você terá bons momentos de diversão e principalmente de glória após vencer uma sequência de desafios. Mesmo assim, não é um game tão cativante ao ponto de te fazer passar horas e mais horas superando seus complicados níveis.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Muitos desafios em plataformas 3D
  • Têm muitos coletáveis
  • Dá para customizar o personagem
  • Fases diferentes a cada partida

Contras

  • O visual de alguns cenários dificultam a compreensão da fase
  • Movimentação um tanto dura do robô
  • Trilha sonora é enjoativa
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x