Conecte-se conosco

Reviews

Review – Superbrothers: Sword & Sworcery EP

Publicado

em

superbrothers

Existe certa resistência por parte da mídia, dos críticos e de muitos envolvidos na produção cultural da nossa época em considerar os videogames como um meio artístico. Ou melhor, um meio onde é possível se produzir arte. É verdade que esta resistência vêm sendo enfraquecida, principalmente com os trabalho realizados por estúdios independentes que encontraram nas redes de distribuição digital como Steam, Apple App Store, PSN e Xbox Live uma forma mais fácil de divulgar e vender suas criações, mas o preconceito ainda é forte. Felizmente existem pérolas como Flower, Braid e Machinarium para ajudar a mudar esta situação. A estes exemplos, soma-se agora Superbrothers: Sword & Sworcery EP.

Inicialmente produzido para iPad e recentemente também lançado para iPhone e iPod Touch, Sword & Sworcery pode ser considerado bem mais uma experiência audiovisual interativa e experimental do que propriamente um jogo de videogame, na concepção mais simplista do termo. O game mescla um trabalho primoroso e sofisticado de gráficos no estilo 8-bit, remetendo ao Atari e Nintendo, mas com animações bem mais fluidas e realistas que as da época destes consoles, e uma trilha sonora espetacular, composta inteiramente para o título, misturando sons eletrônicos old school e instrumentos reais. É simplesmente incrível como estes dois fatores somados criam um dos jogos mais interessantes e inovadores dos últimos anos para se ver e ouvir. Nas palavras dos próprios criadores em um evento de apresentação, Sword & Sworcery seria como uma mistura de Zelda com cinema de arte.

Mas os trunfos de Sword & Sworcery não ficam apenas no visual e no som; a mecânica de jogo também merece elogios. O game é um adventure point-and-click de exploração e quebra-cabeças no padrão do clássico Monkey Island ou do mais recente Machinarium, onde o jogador deve clicar na tela para interagir ou andar pelos cenários. A diferença é que as desenvolvedoras Superbrothers e Capybara Games adaptaram o jogo para aproveitar os recursos da plataforma iPad/iPhone/iPod Touch, que oferece possibilidades diferentes das que existem em um computador ou console.

superbrothers_1

Desta forma, mudanças na jogabilidade já esperadas, como tocar na tela para movimentar e fazer com que o protagonista interaja com o ambiente, foram somadas à soluções interessantes, como girar o aparelho para mudar a orientação de horizontal para vertical na hora de entrar numa batalha, por exemplo. Falando nas batalhas, elas acontecem de forma bem simples, com um ícone de escudo na tela para defender ou esquivar golpes e outro com uma espada para os ataques. É tudo questão de timing, você deve defender no exato momento em que vai receber um golpe e atacar quando o inimigo abrir a guarda.

O jogo ainda interage com outras características dos dispositivos da Apple, explorando a forte relação que normalmente os usuários destes aparelhos têm com as redes sociais, disponibilizando uma integração com o Twitter para que o jogador poste frases do game em sua timeline. Confesso que este “recurso” ficou meio desnecessário e perdido no jogo, mas é uma tentativa de ampliar a experiência. Já a influência do calendário do dispositivo com s:s&s ep é bem melhor. Dependendo do dia, e consequentemente da lua em que se joga, alguns eventos podem mudar. Por exemplo, se o dia for de lua cheia, mais lobos aparecerão no game.

Para completar, a história também não poderia ser contada de forma tradicional. O mote é a luta do bem contra o mal, com a personagem The Scythian buscando um artefato místico capaz de derrotar uma entidade sobrenatural maligna. Mas o jogo mostra os capítulos desta jornada como se fossem trilhas musicais em um disco de vinil compacto, virando o lado do EP quando a protagonista sai do “mundo real” e vai para os mundo dos sonhos e vice-versa. Também existe um narrador para a história que realiza interlúdios e aparece direto no game falando sobre e explicando alguns detalhes do jogo, num artifício de metalinguagem semelhante a quando um personagem de cinema interrompe uma cena, olha para a câmera e fala diretamente com o espectador, demonstrando que sabe que está em um filme.

Superbrothers: Sword & Sworcery EP é um produto único, de personalidade e que mostra o quanto ainda pode-se criar nos videogames a partir de boas ideas, sem se preocupar tanto com orçamentos milionários e fórmulas para o sucesso nas vendas. Se você possui algum dos brinquedinhos portáteis da Apple e gosta de experiências diferentes das que estão saindo das linhas de produção atual, faça um favor para você mesmo e adquira logo Superbrothers: Sword & Sworcery EP.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Um dos mais belos trabalhos visuais em 8-bit que vi em um game
  • Trilha sonora original fantástica
  • Explora bem os recursos do iPad/iPhone/iPod Touch
  • Artístico e de personalidade

Contras

  • O gameplay poderia ser um pouco mais complexo e desafiador
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x