Conecte-se conosco

Reviews

Review – Surgeon Simulator 2

Publicado

em

Imagem de fundo do review de Surgeon Simulator 2

Uma sala de branco impecável, de fria luz contornando um corpo moribundo recheado de mazelas. No entanto, no fundo deste teatro da vida e da morte, o som das teclas de um cravo ecoam junto do som do maquinário médico. Por aquele corredor que se estende infinitamente no limiar do limbo mortal eles vêm, os engenheiros da corpo humano. Contudo, um deles está com as roupas em chamas, o outro de terno e o restante ainda mais bizarramente trajado para a operação. Hora de operar em Surgeon Simulator 2.

Olá, bem vindo ao seu primeiro dia no serviço como cirurgião geral do S.S.L – Serviço de Saúde Local. Infelizmente não achamos seu currículo, mas não vamos falar isso para ninguém. Em Surgeon Simulator 2, o jogador irá finalmente explorar um pouco mais do mundo maluco da série. Uma vez que o jogo parece ser um prelúdio do primeiro, você irá vasculhar o bizarro hospital e descobrir mais dos motivos que guiam o Dr.Burke.

I.V. de loucura

Em Surgeon Simulator 2, não controlamos mais Nigel Burke, mas sim um entre quatro personagens disponíveis. Aqui vamos seguindo as operações enquanto acompanhamos o desenrolar dos mistérios relacionados ao hospital Barnadshire. Com uma variedade ainda maior de exploração, desta vez, além da operação, temos que nos aventurar pelos inúmeros corredores da instalação buscando órgãos e membros para Bob.

Imagem do review de Surgeon Simulator 2
Luva para quê, não é?

Encontrado novamente – ou seria melhor inesperadamente? – nos escombros de um acidente veicular, Bob continua sendo nossa cobaia, seja para uma simples operação intestinal, ou uma troca completa de “corpo”. Assim, o jogador vai seguindo como Dr. Burke no primeiro jogo, se tornando cada vez melhor no que faz. Porém, será que desta vez também iremos para o espaço conhecer Gworb? As respostas esperam você na sala de cirurgia.

Claro que a história sempre foi meio que deixada de lado no primeiro jogo, mas aqui ela se torna bem mais proeminente. Entretanto, a grande estrela ainda é o gameplay descompensado e cômico que tornou o game tão famoso em 2013. Com apenas uma mão, devemos operar Bob, ou melhor abrir o Bob, já que fecha-lo por completo não é o objetivo em Surgeon Simulator 2. Então esteja afiado com o mouse, porque até mesmo com habilidade as coisas podem dar errado a qualquer momento.

Bisturi, alicate, sargento e arame

Bob é um infortunado, afinal de contas seus inúmeros corpos são operados da maneira mais “na coxa” possível. Nada de suturas ou faixas, o objetivo é retirar o que está marcado no scanner e colocar um novo no lugar. Literalmente pegue o órgão e jogue na caixa torácica, ninguém vai notar que o mesmo está balançando lá dentro. Na questão de membros, você pode agir de duas maneiras, civilizadamente ou ao melhor estilo Mortal Kombat.

Imagem do review de Surgeon Simulator 2
Fique tranquilo, eu sou um profissional.

O modo civilizado é arrancando o membro/órgão requisitado na mão mesmo. O modo bruto é com as ferramentas proporcionadas pelo jogo: serras, machadinhos, bisturis e martelos espalhados pelos níveis. Alguns estão em locais higiênicos, outros estão em armazéns sujos e abandonados. Então fica à escolha do jogador se quer usar as ferramentas ou a mão em algumas partes. O bom de fazer com a mão é poder dar uma de Mola Ram.

Com gráficos convidativos e cartunescos, Surgeon Simulator 2 traz uma diversão mórbida aos jogadores. Afinal de contas, estamos falando de um homem no limiar entre a vida e a morte, em que usamos seus órgãos e partes do corpo como moeda de troca por outras novas, ferramentas ou injeções coagulantes ou de sangue. Com uma trilha sonora saída diretamente dos elevadores mais quentes e lentos e traumatizantes que você já usou na sua vida, o game faz de tudo para transformar as operações em momentos memoráveis, para o melhor ou pior.

Imagem do review de Surgeon Simulator 2
Hora de ir às compras.

Pedindo ajuda para os estagiários.

Agora você pode dizer que teve uma equipe médica sob seus comandos para suas tias chatas no almoço de família…. A grande sacada de Surgeon Simulator 2 é a vinda do modo multiplayer. Com até mais outros três “doutores”, você agora pode fazer elaboradas cirurgias em Bob. Seja nos níveis criados pela Bossa Studios ou pelos mapas malucos criados pela comunidade, usando o sistema de criação. Falei bem mais profundamente dessa parte na minha prévia do jogo.

Se você está procurando o próximo passatempo multiplayer nesta quarentena, pode acreditar que Surgeon Simulator 2 vai ser uma boa pedida. Claro que, em alguns momentos, o game simplesmente tem quedas bruscas de qualidade no multiplayer, como lag e queda de frames. Porém, no geral, o game conseguiu expandir bem o universo do primeiro jogo e explorar e brincar com alguns elementos que criou. Então, lave os equipamentos, pegue uma lanterna para buscar por easter eggs e cunhe seu nome na história da Medicina ou, pelo menos, na pele de Bob.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Continua divertido
  • Cenários cômicos
  • Gráficos bonitos

Contras

  • História pouco interessante
  • Multiplayer um pouco travado
  • Trilha sonora simples
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x