Conecte-se conosco

Reviews

Review – Tentacular

Publicado

em

tentacular review

O trocadilho com as palavras tentáculo e espetacular não é à toa. Tentacular oferece uma aventura diferenciada em realidade virtual, um sandbox que mistura quebra-cabeças com física apurada e uma história leve e divertida. E se tem o selo de aprovação da Devolver Digital, eu tô dentro!

Em Tentacular, você é uma lula gigante adotada por uma família de humanos, que acabou de completar 16 anos e precisa arrumar emprego. Junto do trabalho vem a necessidade de encontrar seu lugar no mundo e provar ser uma criatura marinha do bem, disposto a ajudar a população da ilha de La Kalma. Seus imensos tentáculos são colocados pra ralar pra Corporação Mollusk (pegou a piada?) e resolver os problemas da população.

La Kalma não é tão pacata quanto o nome indica e logo o prefeito e o professor Prozara estarão pedindo ajuda. Com os gatilhos do controle em cada mão, você usa suas ventosas para grudar em coisas e manipulá-las para solucionar quebra-cabeças que variam desde o uso da física como também utilizar ímãs e catapultas para resolver – mesmo que porcamente – os desafios.

tentacular 01
Lembre-se: você tem tentáculos, e não mãos

O jogo oferece mais de 50 fases, com os puzzles mais simples agrupados em atos. Seu visual, minimalista e cartunesco, combina demais com a proposta. Em escala, é como se você estivesse olhando para uma miniatura do mundo, um diorama, com pessoas pequenininhas vivendo suas vidas. Para interagir com elas basta dar um tapinha em sua cabeça, inclusive para acelerar os diálogos. Aliás, o dialeto dos habitantes de La Kalma lembra o dos Sims.

Peão do mar

O jogo começa com tutoriais rápidos para logo colocá-lo pra resolver quebra-cabeças bem variados, colocando a sua coordenação motora à prova. Girar mecanismos, puxar, bater, tem um pouco de tudo. Quando a trama revela naves espaciais e cristais misteriosos, a complexidade aumenta com a introdução dos Í.M.Ã.S., bolinhas que você gruda em superfícies metálicas para unir as coisas. No início é tranquilo, mas depois as missões vão exigindo cada vez mais inteligência e paciência.

Com total liberdade de interação, seja jogando em modo estacionário (parado, sentado) ou andando por um ambiente devidamente mapeado, você terá toda a experiência de profundida que o jogo proporciona, como ver um zepelim (onde uma alavanca leva pra próxima fase) sobrevoando a sua cabeça e ficar brincando com ele enquanto flutua no ar. Em outras palavras, Tentacular vai na contramão da escala real que os jogos VR tanto buscam.

tentacular 03
Ah, foi engraçado sim, vai

É possível sabotar uma fase, porém os devs da Firepunchd Games pensaram nisso e há opções para reiniciar ou voltar pra praça da cidade. Para isso basta interagir com o Signor Resetto, presente em todas as fases, que também dá dicas quando você não souber o que fazer: ele faz um desenho contendo o passo a passo. Um toque genial de game design.

Feito tudo corretamente, surge uma câmera fotográfica para você segurar por um tempo no ângulo certo e registrar o trabalho concluído. Caso queira rejogar as fases, é só mexer no joystick localizado no teto da loja Game Stomp na praça da cidade, que te leva para uma área com um Lakalmodore 64 e vários cartuchos. Você escolhe o cartucho, assopra (opcional), insere no videogame e aperta um botão pra começar.

Como é de se esperar de um jogo desse estilo, há uma área sandbox chamada de parquinho, onde o game vai liberando itens aos poucos pra você testar qualquer maluquice. Quer brincar de Jenga com um monte de containers empilhados? Fique à vontade! O jogo te dá liberdade pra fazer o que bem entender.

tentacular 02
Gambiarra ou não, o que vale é concluir o trabalho

Experiência VR fora da curva

O gameplay também apresenta catapultas em forma de linhas de alta tensão, usadas para estilingar objetos pra bem longe. Dá pra tentar acertar as coisas no arremesso, caso sua mira for boa. A única ideia que não funciona tão bem, mesmo com a precisão da física, é a de arremesso de foguetes. É um tanto tedioso ter que ficar arremessando os foguetes por anéis para que os passageiros pousem com segurança em áreas demarcadas.

Também senti falta de músicas de fundo, para ambientar as fases. Tem uma ou outra, mas a maior parte do tempo você passa ouvindo apenas o mar, as pessoas e os efeitos sonoros dos objetos. A duração também poderia ser maior: a campanha termina em menos de 4 horas, isso sem considerar o tempo gasto no parquinho.

Embora Tentacular não seja perfeito, o game entrega uma experiência de realidade virtual realmente única. É um jogo bastante imersivo, com ideias criativas, uma escala que funciona perfeitamente com o gameplay, e com um humor contagiante.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Física satisfatória
  • Gameplay muito bem elaborado
  • História divertida e humorada
  • Excelente tradução PT-BR

Contras

  • Arremessar foguetes cansa rapidinho
  • Faltaram músicas de fundo
  • Dura menos de 4 horas
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x