Conecte-se conosco

Reviews

Review – Tools Up!

Publicado

em

Tools Up bg

Em Tools Up! você vai colocar a mão na massa para reformar apartamentos de todos os tipos e tamanhos. Se você, assim como eu, adorava aqueles programas de reformas surpreendendo-se com a beleza das casas e aflito pelas diversas situações que aconteciam dentro das obras, já pode colocar seu capacete de proteção, pois este jogo te dá a chance de juntar sua própria equipe de construtores para renovar os apartamentos de seus clientes. Há muito trabalho a se fazer com momentos divertidos e imprevisíveis, então contrate os melhores profissionais e vá à labuta.

Esse divertido indie desenvolvido pela The Knights of Unity é um jogo casual, de ação e também um divertidíssimo party game. Permitindo até quatro jogadores locais na mesma tela a experiência será como em Overcooked, é uma verdadeira bagunça para lidar com tantos objetivos em pouquíssimo tempo. Aqui seus clientes não estão em cena, mas confiam em você para deixar as residências prontas o mais rápido o possível, caso o contrário, nada de pontos. Para garantir o profissionalismo e evitar que a obra seja interditada, garanta uma boa coordenação de seus colaboradores.

Contratando uma mão de obra maluca

Há dois modos em Tools Up!: a campanha traz uma sequência de fases ambientadas em um prédio onde todos os proprietários resolveram reformar, já o modo em grupo traz as mesmas fases com desafios diferentes. Ambas as opções permitem até quatro jogadores, o que é mais indicado já que oferecem mais diversão e também ajudam a balancear a dificuldade através da distribuição de tarefas.

Imagem do jogo Tools Up!
Essa dupla tem sincronia na pintura, olha aí.

Sozinho ou em equipe, você deverá realizar as mudanças solicitadas no projeto dentro do prazo estipulado, enquanto que no segundo modo é preciso concluir as tarefas no menor tempo possível. Na prática, esses modos servem mais como níveis de dificuldade já que ambos possuem os mesmos objetivos com limites diferentes. As regras são simples, mas assim como em Overcooked, os desafios são intensos com uma pressão enorme para concluir o trabalho. A pontuação é baseada em estrelas que, conforme são reunidas, vão desbloquear fases e personagens cada vez mais criativos.

Os trabalhadores são carismáticos e engraçados a ponto de proporcionar algumas risadas durante a seleção da equipe. O encanto de Tools Up! continua graças à bela ambientação com visual fofinho. A visão acima do cenário mostra todo o interior do apartamento e até mesmo as coisas ao redor, como janelas dos outros prédios, a rua lá embaixo, carros e nuvens. A aparência é bastante agradável e se torna ainda melhor quando os jogadores entram em ação deixando tudo vivo e animado.

Durante meus anos de experiência na construção civil, sei bem que uma das primeiras atividades neste ramo é a organização e limpeza da área de trabalho, e aqui não é diferente. Você precisará remover todo o lixo que estiver espalhado pelo apartamento. A tarefa rende muitos risos, pois os personagens tendem a escorregar na sujeira. Isso pode até ser um incômodo já que as passagens geralmente são pequenas. Um problema é a mira que frequentemente falha, sendo necessário movimentar o personagem até que o item ganhe o realce de interação. Mas não pense que basta pegar o lixo e pronto. O item deve ser varrido, colocado no balde e, quando esse estiver cheio, pode ser levado para a área externa para ser despejado no latão.

Imagem do jogo Tools Up!
Moço, me dá aqui essa tinta!

Geralmente tudo do que você precisa para começar as atividades já está no apartamento, porém é possível que algum item atrase, mas calma: ele vai chegar enquanto a fase está em andamento. Quando as encomendas chegam, a correria começa, pois os entregadores são impacientes e estão loucos para marcarem aquele famoso e temido “destinatário ausente”. Sendo assim, alguém precisa largar tudo que estiver fazendo para atendê-lo. Estes momentos resumem-se a uma verdadeira gritaria para decidir quem irá até a porta, e a coisa fica mais engraçada ao ver que o entregador já está deixando o local.

Em Tools Up! você pode e deve carregar os materiais para os cômodos que desejar. Isso vai facilitar a aplicação do produto e otimizar seu tempo durante a fase, mas fique atento para não tropeçar e derrubar as latas tintas ou outros materiais. Se isto acontecer, você terá que limpar a sujeira novamente. No meio da agitação, com tantas coisas a fazer e com muitos personagens transitando pelo cenário, é fácil derrubar os objetos, mas claro, isso rende momentos hilários.

Imagem do jogo Tools Up!
Gente, que apartamento imundo!

Repaginando apartamentos

As solicitações da fase podem ser consultadas no projeto. Propositalmente, as atividades são divididas por etapas que vão se revelando conforme se progride, o que faz você olhar o planejamento frequentemente para saber o que vem a seguir. Os textos em português ajudam na compreensão, já que algumas informações são apresentadas por símbolos como um pincel de rolo mostrando que em determinada parede é preciso fazer uma pintura, mas há alguns itens que não são tão claros e isso pode travar um pouco o seu trabalho, pois terá que testar as opções de uso deste material. Durante os carregamentos, são exibidos alguns tutoriais e desta forma você aprende que alguns objetos precisam ser combinados para depois serem utilizados como o reboco e contrapiso, que devem ser colocados no balde antes da aplicação nas paredes e piso.

Um detalhe interessante sobre a aplicação dos materiais é que alguns possuem tempo de secagem. Após a execução do contrapiso, por exemplo, levará um tempinho até que você possa transitar por cima dele e aplicar a cerâmica. Já a cola para os papéis de parede precisam de atenção, pois secam rapidamente. Alguns apartamentos pedem até mesmo a construção de pequenas paredes, onde é necessário um trabalho manual de assentamento de blocos. Essas tarefas são divertidas e incentivam a cooperação, pois são melhor executadas quando há mais de um jogador na partida, assim, enquanto um faz a primeira parte, o outro o acompanha dando acabamento.

Tools Up 04
Quem apagou as luzes?

Às vezes a visão inicial do cenário não permite a visualização de algumas paredes, desta forma fica difícil determinar qual trabalho deve ser feito naquele local. Você pode resolver esse problema girando a câmera, mas será necessário ter o projeto em mãos para realizar tal ação – que burocracia é essa?. Lembre-se de que no total podem haver quatro jogadores na mesma tela, e seria um verdadeiro caos se todos tentassem movimentar a câmera para favorecer suas atividades. Essa rigidez pode irritar no início, mas faz todo sentido e é uma excelente solução, assim a equipe consegue se organizar e dividir as tarefas antes de qualquer movimento.

Tools Up! é um jogo bastante divertido mesmo se você optar por jogar sozinho – neste caso esteja preparado para fases bem desafiadoras. Vale mencionar que, após a conclusão da obra, você poderá mostrar que é também super organizado e levar o material para fora do apartamento, o que renderá a pontuação máxima da fase mas é realmente difícil de atingir sozinho. Em dupla, as coisas podem ficar um pouco mais acessíveis, e com a equipe completa, o trabalho fica balanceado mesmo que vire uma loucura. O ponto é que o jogo mantém os desafios e a diversão independente da quantidade de profissionais contratados para essa reforma maluca.

Imagem do jogo Tools Up!
Esse apartamento arborizado é sonho de consumo de qualquer mãe.

Toda obra tem seus problemas e em Tools Up! há algumas características que podem incomodar como as fases obscuras. No modo portátil do Switch, essas partidas são difíceis de visualizar, dificultando até mesmo na interpretação dos objetos. Já as músicas que são animadas e bem produzidas tem um repertório interessante, porém se repetem em uma grande sequência de fases e acabam ficando um pouco cansativas. Além disso, seria interessante se houvesse mais destaques para os efeitos sonoros, pois para que sejam perceptíveis, é necessário reduzir consideravelmente o volume da música.

No fim, Tools Up! é aquele jogo indispensável nos momentos em que você junta a galera para uma jogatina. O título também cumpre sua missão quando estiver sozinho, mantendo a diversão e oferecendo bons desafios para aqueles que curtem jogar sob pressão. Se você procura uma proposta diferente e quer colocar a mão na massa (de cimento, não de alimentos), esse jogo é uma ótima opção.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • O visual é carismático
  • Reformar nunca foi tão divertido
  • Os personagens são engraçados
  • Tem desafios na medida
  • As fases são diversificadas e criativas

Contras

  • Dentro da fase não dá pra acessar as configurações
  • A mira às vezes é falha
  • As telas obscuras são difíceis de interpretar
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x