Conecte-se conosco

Reviews

Review – Total War Saga: Thrones of Britannia

Publicado

em

Total War saga Thornes of Britannia bg

Estamos em 878 d.C.. Enquanto nórdicos povoam as terras que roubaram, o rei anglo-saxão Alfred de Wessex quer unificar as ilhas britânicas sob uma mesma bandeira. Mas surgem novos líderes ambiciosos e gananciosos que também reivindicam Britânia, e agora cabe a você reescrever a história que definirá a Inglaterra moderna.

Uma grande franquia de jogos de estratégia em tempo real retorna. Total War Saga: Thrones of Britannia tem o visual e trilha sonora excelentes que nos fazem passar horas neste ambiente de guerra, trazendo novas mecânicas além das conhecidas batalhas em tempo real e retratando cenários históricos em conjunto com o gerenciamento de facções por turnos. O jogo nos apresenta contextos históricos de forma mais enxuta do que em jogos anteriores, com locais menores e períodos de tempo específicos.

Para aprender é necessário jogar!

Thrones of Britannia possui os modos campanha e batalha. Na segunda opção, focamos apenas nas batalhas em tempo real contra amigos online, enquanto no modo campanha somos levados a um complexo jogo de tabuleiro digital, por assim dizer. Antes de iniciar a jornada é necessário escolher uma entre dez facções disponíveis, cada uma apresentando seu ponto de vista na história, e a escolha influenciará nos bônus recebidos pelos personagens e na dificuldade da campanha, embora seja possível personalizar essa dificuldade. Também é possível determinar a dificuldade das batalhas, que vão do nível fácil ao realista, e se você for um iniciante como eu, poderá se assustar com essa quantidade de informações.

Imagem do jogo Thrones of Britannia: A Total War Saga
As miniaturas apresentam o que anda acontecendo nas províncias.

Definida a sua facção, somos introduzidos ao seu ponto de vista na história e apresentados ao mapa (ou tabuleiro), enquanto um conselheiro será nosso guia e nos dará informações sobre nosso reino e como podemos agir nele. Deveria funcionar como um tutorial, porém não é intuitivo: mesmo apresentando o objetivo, ele não indica em momento algum onde devemos clicar, o que é apavorante após ver a quantidade de opções disponíveis. Por sorte o jogo está com menus e legendas em português e, ao passar o cursor nas opções, uma caixa de texto descreve a função de cada uma delas.

Mesmo aparentando bastante complicado, Total War Saga: Thrones of Britannia permite que o jogador fique à vontade para explorar as opções e conhecer os menus, personagens, lugares e todas as ferramentas. O tempo só vai correr quando terminarmos nosso turno, então caso você seja um iniciante é bastante recomendável explorar essa interface e todas as possibilidades que o jogo oferece. Logo você entenderá o rico contexto e dificilmente vai querer sair.

Estando acostumado com a interface, é hora de entender a dinâmica do jogo e saber prosseguir na campanha. Desta vez o conselheiro é de grande ajuda, pois ele nos dará dicas sobre a situação do reino, deixando o jogador atento sobre os personagens que estão se tornando desleais, exércitos enfraquecidos, províncias sem governo, além de informar quando um exército inimigo está em nossas propriedades e quais as consequências disso – essas informações também ficam disponíveis na interface e, quando você se acostumar a consultá-los, poderá reduzir a atenção no conselheiro ou até mesmo desativá-lo.

Imagem do jogo Thrones of Britannia: A Total War Saga
Algumas narrativas do jogo são apresentadas por essas animações incríveis.

A janela de objetivos mostra os requisitos para vencer o jogo e suas várias maneiras de concluí-lo, das mais rápidas às mais longas, além das missões disponíveis. Mesmo com as condições de vitória claramente apresentadas, não é obrigatório segui-las rigorosamente, e o jogador poderá avançar ao seu próprio modo, conquistando as províncias uma por uma.

Em Total War Saga: Thrones of Britannia, bem como em outros jogos da franquia, a principal forma de comunicação entre facções é através da Diplomacia. Aqui temos informações sobre quem tem afinidade ou não com nossa facção e é através dela que podemos fazer alianças militares, arranjar casamentos ou declarar guerra. Todos os tipos de diplomacia trazem benefícios e consequências para a sua facção e isso pode ocorrer direta ou indiretamente – um exemplo disso é quando nos aliamos a uma facção específica e outra facção, que anteriormente nos apoiava, passa a nos odiar por isso.

Durante o nosso turno, podemos explorar à vontade, exercitando a diplomacia e designando cargos aos nossos generais e governadores. No entanto, nossos exércitos possuem pontos de ação e, ao movimentá-los ou recrutar novas unidades, esses pontos serão gastos e só serão recarregados no próximo turno. Ao finalizar o turno, visualizamos a movimentação das outras facções e por vezes surgem notificações de uma diplomacia que nos é oferecida ou alguma invasão em nossas propriedades. Novamente em seu turno, a guia de mensagens na interface apresenta novas missões e informativos sobre o que acontece no restante do tabuleiro.

Imagem do jogo Thrones of Britannia: A Total War Saga
A quantidade de guerreiros em batalha pode ser extraordinária.

Hora de abrir o balde de soldados e batalhar

As grandes batalhas de Total War Saga: Thrones of Britannia definem os momentos mais maravilhosos do jogo, nos quais é possível criar diversas estratégias para derrotar seu oponente rapidamente, seja flanqueando com seus arqueiros ou a cavalaria ou se aproveitando do terreno, clima ou ambiente em que a batalha acontece. O conselheiro e o general de seu exército também vão lhe informar sobre a situação de seus homens. Novamente, caso você seja iniciante no jogo, é legal conhecer toda a interface antes de iniciar a batalha e com o tempo aprender sobre todas as opções disponíveis.

É realmente fantástico ordenar e assistir a tantos personagens se enfrentando. O design de som é bem feito e, ao aproximarmos dos confrontos, ouvimos os sons dos guerreiros e suas espadas, escudos, flechas e até mesmo seus passos. Ao término da batalha, podemos integrar os inimigos sobreviventes ao nosso exército, executá-los ou pedir resgate, e cada uma das opções trazem benefícios e consequências para todo seu reino. Mas caso você não queira ordenar a batalha e tiver certeza da vitória, há uma opção para batalhas automáticas.

Thrones of Britannia aprimorou algumas características existentes nos jogos anteriores, como as tecnologias, das quais precisamos para a pesquisa de melhorias para a facção, servindo tanto para a área militar quanto para a área cívica. Essas pesquisas podem ser aceleradas com bônus de personagens, mas isso também pode trazer penalidades para a facção. O comércio com as facções agora está simplificado, e basta ter uma declaração de amizade aceita com outra facção que as trocas são iniciadas automaticamente, algo que nos jogos anteriores era definido pelo jogador.

Imagem do jogo Thrones of Britannia: A Total War Saga
O jogo proporciona cenas incríveis.

Há também novas mecânicas como excedentes de alimentos: agora todas as unidades e alguns edifícios passam por uma manutenção alimentar, o que obviamente consome o estoque de alimentos e deteriora conforme criamos mais aposentos, sendo necessário manter os alimentos em excesso para garantir bônus para a facção e não ter nenhum problema relacionado à desordem pública.

Essas e outras mudanças podem incomodar jogadores veteranos, pois elas tornam algumas características do jogo um pouco mais light. Em contrapartida, as novas mecânicas aumentam a quantidade de prioridades que você deve dar à sua facção.

Total War Saga: Thrones of Britannia é realmente complexo por possuir muitas informações. No início o jogo pode parecer difícil, ainda mais com a falta de um tutorial intuitivo, porém com o tempo e persistência é possível aprender jogando e com certeza isso será muito divertido. No fim, fico imaginando como seria jogar essas campanhas online, com cada facção sendo controlada por amigos. Mas quanto tempo levaríamos para concluir o jogo?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Menus e legendas em português
  • Direção de arte incrível
  • Trilha sonora excelente
  • Efeitos de clima impressionam
  • Boas mecânicas de batalha e gerenciamento de facções

Contras

  • Tutorial não é intuitivo para iniciantes
  • Levar seu exército a lugares indefesos incomoda depois de um tempo
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x