Conecte-se conosco

Reviews

Review – Weird West

Publicado

em

Weird West Review

Weird West te leva para o Velho Oeste para conhecer uma história repleta de perspectivas e que também dá a possibilidade de escolher diferentes formas de interagir e sobreviver neste universo. Embora o visual isométrico aparente simplicidade, esse mundo, na verdade, é bastante rico e quanto mais você o conhece, mais vai querer se aprofundar.

O título foi produzido pela WolfEye Studios que tem em sua liderança Raphael Colantonio e Julien Roby, ex-desenvolvedores da Arkane Studios que trabalharam em jogos como Dishonored e Prey. Com esse currículo, não dá para negar a expectativa e isso vai além, pois, o jogo é publicado pela Devolver Digital, um selo que nos deixa no mínimo curiosos, aguardando uma experiência fora da caixinha.

Weird West mistura ação, aventura, RPG e simulação. A história contada através de um narrador, ajuda na imersão, mas isso não dispensa os diversos diálogos entre os personagens com direito a muitas escolhas com consequências. Além de uma trama interessante e bem localizada, diga-se de passagem, esse indie traz um ambiente vivo que aguarda ansiosamente por suas interações. Ao longo desta análise, detalharei como esse faroeste pode reagir à medida em que você faz suas escolhas.

Weird West 01
Nada para se preocupar em Weird West

Pegue seu chapéu, seu cavalo e a vontade de cavalgar

Com muitos mistérios e assassinatos, Weird West já começa te colocando em uma instigante caçada. Dos cinco personagens jogáveis, você inicia a jornada com Jane Bell, uma ex-caçadora de recompensa que se vê obrigada a voltar ao trabalho após ver seu filho e seu lobo assassinados, além de notar que seu marido foi levado pela gangue Stillwaters.

Sua missão é seguir as pistas para descobrir o paradeiro de seu marido e entender o que é que está acontecendo por trás desse sequestro. A tarefa te fará explorar um mapa relativamente grande para descobrir uma fantasia sombria com criaturas e homens que possuem suas próprias regras. Entretanto, não pense que este é um jogo de mundo aberto. Na verdade, os diversos lugares de Weird West são divididos em pequenos cenários e chegando às suas extremidades, além do efeito interessante que remete a um mapa de papel, você habilita a opção de viagem para outros lugares.

À medida em que Jane Bell retoma a sua velha rotina de caçadora, você também aprende como lidar com esse mundo desértico a começar, por exemplo, vendo que os cactos podem ser úteis, pois eles reservam água, item que recupera a sua vida. Outro meio de sobrevivência bastante interessante é deixar os barris abertos, assim, quando chover, você reúne mais água, apesar de básico é interessante notar como esses pequenos detalhes funcionam, fazendo com que você teste tudo que está ao seu redor.

Weird West 02
Os limites dos mapas de Weird West têm um efeito muito legal

Como um bom RPG, aqui você terá um grande gerenciamento de recursos, é possível encontrar alimentos, armas, munições, dinamites, dinheiro e entre muitos outros itens. Seu estoque, porém, é limitado, podendo ser expandido quando tiver um cavalo para carregar mais coisas. Outro ponto interessante é a possibilidade de cozinhar para melhorar os atributos dos alimentos ou de desmontar armas repetidas que, vão gerar itens para melhorar outros armamentos.

Estamos no Velho Oeste pessoal, há muitos itens escondidos ou enterrados por aí, então tenha sempre uma pá e uma picareta à disposição, você pode encontrar minérios ou até tesouros interessantes. Ao ajudar algumas pessoas, eles podem até dar dicas de onde você pode encontrar tais itens. Isso é muito legal, trazendo realmente uma experiência de caça aos tesouros.

Jane Bell e qualquer outro personagem pode ter uma postura respeitosa e pacífica, buscando apenas justiça, porém, isso não te impede de agir fora da lei, sendo possível invadir casas, roubar itens, baús, cofres, cavalos ou até roubar aqueles túmulos por aí. Claro que isso pode trazer consequências, se alguém perceber, pode te denunciar para o xerife, fazendo com que você acabe no xilindró, restando ter que desembolsar uma grana para sair ou cometer mais crimes para fugir.

Weird West 03
Não queira aparecer neste mural

Criando suas próprias regras em Weird West

Se você se tornar um fugitivo, não tenha dúvidas, sua foto pode aparecer no mural de procurados e em todos os lugares que você for visitar, alguém pode estar a sua procura a fim de obter as recompensas por sua captura. Além de legal, testar esse formato, tende a deixar o jogo mais desafiador. O ponto alto é, realmente, sentir esse clima de faroeste, pode até rolar duelos de cowboys!

Agindo dentro da lei, você pode consultar o tal mural de procurados, pois sempre há alguém cometendo crimes em Weird West, isso lembra um pouco Sunset Riders e outros jogos com este tema. As recompensas tendem a ser boas, porém, há um sistema de passagem de tempo, então não demore para atender às solicitações do mural e prepare-se para enfrentar grandes hordas de inimigos. Inclusive, vale mencionar que o tempo influencia no funcionamento das lojas e na rotina dos personagens, onde alguns encontros podem acontecer em horários específicos. Felizmente, é possível avançar no tempo, caso você não queira esperar.

Como mencionei, o jogo oferece uma infinidade de possibilidades, isso inclui a forma de lidar com as missões e seus confrontos, dá pra fazer tudo silenciosamente, planejar um bombardeio, sair atirando em tudo e a todos. Enfim, é você quem decide como prefere fazer essa abordagem. Aqui vai uma dica: eliminar o chefe de uma gangue pode fazer com que seus capangas fujam do confronto, tornando a missão mais fácil. Quem jogou Assassin ‘s Creed, vai notar uma semelhança aqui.

Weird West 04
Sempre tem uma passagem secreta guardando boas recompensas

Weird West tem muito mais para apresentar aos jogadores que forem se aventurar neste universo, ao longo da sua jornada, é possível jogar com mais quatro personagens, dentre eles há: o Pigman, um homem transformado em porco. Dezi, um lobisomem bastante ágil e estilo. O Protetor é um humano com a capacidade de invocar tornados, raios e ursos (Nightwolf, é você?) e por fim, temos Nell Bittterleaf, um feiticeiro poderoso.

Cada um tem suas próprias perspectivas e motivações nesta história, mas em um determinado ponto, eles vão se encontrar para lidar com os mistérios dessa jornada. As diferenças entre os personagens vão além de suas aparências, há uma extensa árvore de habilidades para cada um, oferecendo golpes e poderes únicos. Isso te faz procurar atentamente pelos artefatos necessários para habilitá-los.

Além das habilidades, é possível melhorar armamentos e até obter vantagens como melhorias de saúde, maiores chances de recompensas em baús, facilidade de roubos e entre diversos outros benefícios. Todas essas melhorias te dão a chance de personalizar os seus personagens e te instiga a torná-los cada vez mais fortes para enfrentar as missões do jogo.

Weird West 05
No percurso das suas viagens, novos lugares e personagens podem ser encontrados

Criando sua própria gangue

Fiquei muito feliz ao saber que não preciso enfrentar o faroeste sozinho, é possível recrutar membros e criar o seu próprio bando de caçadores de recompensas (ou seriam bandidos perigosos?). No bar você pode conversar com pessoas que queiram juntar-se à equipe, isso fica mais fácil conforme sua reputação cresce. Também dá para ganhar ajuda de forma esporádica, de pessoas que você ajudou no passado e isso é muito legal. Por outro lado, ao menos por enquanto, não há a possibilidade de obter ajuda on-line ou de um amigo em cooperativo local, o que é uma pena.

Que este Velho Oeste é divertido, não posso negar. Fazer as missões, descobrir tesouros, formar um bando, conhecer os diferentes personagens e criaturas, garante uma boa jogatina, uma pena que em alguns momentos fui interrompido por travamentos na interface a ponto de ter que reiniciar o jogo. Felizmente há uma atualização de lançamento programada e torço para que esses pontos sejam corrigidos através dela, tornando essa experiência cada vez mais fluida.

Weird West sem dúvidas proporciona uma aventura cheia de atividades curiosas onde você escolhe como avançar, seguindo ou não as leis e tudo isso usando os objetos ao seu redor da forma mais criativa possível. Vale mencionar que o jogo tem legendas em português e isso, sem dúvidas, ajuda a acompanhar os diálogos e fazer as escolhas corretas, seja para o bem ou para o mal. Se você curte essa temática, vale muito a pena se aventurar e descobrir os segredos deste Velho Oeste fantástico.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Prós

  • Os menus e a interface são cheios de estilo
  • O visual isométrico é bastante agradável
  • Possui uma trama legal e fácil de acompanhar
  • Dá para vencer as missões de diferentes maneiras
  • Explora a criatividade de interação
  • Traz cinco personagens cheios de habilidades

Contras

  • Pode ocorrer alguns travamentos no PS4
  • Podia ter um coop local ou on-line
Clique para comentar
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x